Jogos Paralímpicos

Com gritos de Romário vindos da torcida, Brasil vence Canadá no Goalball

861.V

Cezar Loureiro/CPB/MPIX
Romario teve o nome gritado na Arena do Futuro. Craque marcou quatro vezes

Romario teve o nome gritado na Arena do Futuro. Craque marcou quatro vezes

Depois de vencer a Suécia na estreia dos Jogos Paralímpicos Rio 2016, a Seleção Brasileira masculina de Goalball superou o Canadá no início da tarde desta sexta-feira (9). Com Romário inspirado, o Brasil venceu o jogo por 11 a 3 e vai dormir na liderança isolada do Grupo A, já que a Alemanha, outra que pode chegar aos seis pontos, jogará neste sábado (10).

Com a Arena do Futuro lotada, os atuais campeões mundiais só abriram o placar aos seis minutos de jogo com Leomon. O primeiro gol do Brasil tirou o grito da garganta dos torcedores que vibraram bastante. No minuto seguinte os canadenses empataram, mas nem isso fizeram a torcida se calar.

Aos oito minutos a história do jogo passou a ter um nome: Romário Marques. O artilheiro dos Jogos Paralímpicos de Londres (24 gols), marcou quatro gols seguidos e abriu boa vantagem para os brasileiros. No finzinho do primeiro tempo, Leomon ainda teve tempo de ampliar o marcador.

A larga vantagem no placar deixou o técnico Alessandro Tosim mais tranquilo para mexer na equipe. Um dos que entraram na equipe foi Alex Melo. O carioca manteve a força ofensiva e anotou três gols em sequência. Parazinho e Alex Gaúcho, que também entraram na etapa final deram números finais ao jogo: 11 a 3.

- Nós não temos equipe reserva. Nós temos seis jogadores prontos para qualquer confronto, então estamos os seis na pegada para conseguir o ouro, com muita união e fé em Deus - disse Romário, que ainda falou sobre a importância da torcida.

- Jogando em casa é diferente. A torcida quer interagir conosco, mas faz parte do esporte. Um jogo meio tenso, se subir alguma bola, a gente faz uma cobertura que a gente nem acredita. Só tenho que agradecer a todo o público que compareceu na Arena do Futuro, está incentivando a gente demais - agradeceu o craque.

Derrota para as campeãs paralímpicas

Em jogo duro, a Seleção Brasileira feminina de Goalball perdeu para o Japão por 2 a 1. A torcida lotou a Arena do Futuro e incentivou as meninas do Brasil, mas com uma penalidade duvidosa marcada, as japonesas conseguiram a vantagem e venceram o jogo. Mesmo com a derrota, a seleção ainda está bem na caminhada rumo à próxima fase.

- O Japão é o atual campeão paralímpico, é uma equipe muito defensiva. O Goalball se faz na defesa, e se você tem uma boa defesa o ataque é consequência. A gente espera um jogo bem duro, mas a gente fez uma ótima partida. Ainda não tem nada perdido, pelo contrário, a gente está crescendo a cada partida e subindo mais degrau para que no fim a gente possa estar no ponto mais alto do pódio independente do resultado de hoje - espera Victória Nascimento.

A Seleção masculina só volta à quadra no domingo (11), às 9h, contra a Argélia. Um resultado positivo coloca os bicampeões parapan-americanos na próxima fase dos Jogos Paralímpicos. Já o time feminino vai jogar na segunda (12), às 10h15, contra Israel.

Clique para conferir as fotos.

www.cbdv.org.br
Tadeu Casqueira

Mais...

Buscas

Todas as notícias