Judô

Pinheiros é campeão no masculino e Minas leva o título geral do feminino no Troféu Brasil

1070.V

Paulo Pinto/CBJ
Competição se encerrou neste domingo, em Lauro de Freitas, com as disputas do Meio Pesado e Pesado

Competição se encerrou neste domingo, em Lauro de Freitas, com as disputas do Meio Pesado e Pesado

A 15ª edição do Troféu Brasil Interclubes de Judô consagrou o Esporte Clube Pinheiros como campeão geral no masculino e o Minas Tênis Clube, no feminino, depois de dois dias de combates neste final de semana no Centro de Treinamento da CBJ, em Lauro de Freitas, na Bahia.

Depois de abrirem vantagem no sábado, primeiro dia do torneio, os judocas das duas equipes mantiveram o ritmo no domingo, último dia de competição e asseguraram os primeiros lugares gerais nos dois naipes. Foram 5 ouros, 2 pratas e um bronze para a equipe paulista no masculino, enquanto as mineiras levaram 3 ouros e uma prata.
“O grupo é homogêneo, nosso trabalho é sempre valorizando a qualidade técnica. Como temos poucas meninas no clube, elas treinam muito juntas. Enquanto as mais novas dão apoio ao treino das ‘galácticas’, as mais velhas ajudam no crescimento técnico das mais novas. O segredo é esse grupo coeso”, disse Floriano Almeida, técnico do Minas.

No feminino, o Instituto Reação (RJ) ficou com a segunda posição, o EC Pinheiros (SP), em terceiro, a Sogipa (RS), em quarto, e o Clube Atlético Juventus (SP), em quinto lugar.

A última medalha de ouro do Pinheiros no masculino foi conquistada neste domingo, com o meio-pesado Rubens Inocente Filho. Na decisão, ele venceu uma das promessas do judô brasileiro, Leonardo Gonçalves, vice-campeão mundial Sub 21, da Sogipa.
“Eu venho do Brasileiro Sênior onde não fiz uma boa competição por causa de problemas pessoais. Hoje consegui me redimir. Sei o quanto que eu trabalhei pra conseguir essa vitória hoje e estou muito feliz com isso. Nós somos muito unidos. Quanto mais forte a equipe está, mais forte cada um dos atletas fica. Não temos problemas em termos mais de um nome forte em cada categoria. Não tem rivalidade, todo mundo se ajuda e é por isso que fomos campeões hoje”, analisou Rubens.

Completando o pódio geral de medalhas do masculino, Minas TC (MG) ficou em segundo lugar, EC Vitória (BA), em terceiro, Associação de Judô Rogério Sampaio (SP), em quarto, e a Sogipa (RS), em quinto lugar.

www.cbj.com.br
CBJ

Mais...

Buscas

Todas as notícias