Judô

Seleção inicia treinamento de campo com clínica sobre novas regras

941.V

Lara Monsores/CBJ
Os árbitros Edison Minakawa e Jéferson Vieira passaram dois dias na concentração em Pindamonhangaba para explicar o que mudou no judô

Os árbitros Edison Minakawa e Jéferson Vieira passaram dois dias na concentração em Pindamonhangaba para explicar o que mudou no judô

A primeira atividade oficial do treinamento de campo da seleção principal de Judô do Brasil, que começou no último domingo, foi a clínica sobre as mudanças nas regras ministrada pelos árbitros Jéferson Vieira e Edison Minakawa. Ambos estiveram no Seminário da FIJ em Baku, no início de janeiro, e passaram dois dias com a seleção em Pindamonhangaba, onde a equipe está concentrada, para explicar os detalhes de cada mudança.

Veja o que mudou na regra de competição de Judô

Na noite de domingo, Vieira e Minakawa apresentaram em palestra no auditório todos os tópicos discutidos no Seminário, exibindo vídeos de diversas situações como "ponte", "waza-ari x ippon", kumi-kata, entre outros. Na segunda-feira, 23, pela manhã, todos foram ao dojô para uma clínica prática, em que os atletas e técnicos puderam tirar dúvidas e experimentar na prática alguns pontos da nova regra.

"A forma como a Confederação Brasileira de Judô está trabalhando no início desse treinamento dá aos atletas conhecimento dessa nova regra, que é um experimento até o Mundial de Budapeste, informando-os, conscientizando-os. É a melhor forma de preparar os nossos atletas para as próximas competições", avaliou Minakawa, árbitro que atuou nos Jogos Olímpicos do Rio 2016 e de Londres 2012.

Para Jéferson, que arbitrou no Judô Paralímpico dos Jogos do Rio 2016, a clínica teve um resultado positivo entre os atletas.

"A nossa impressão, conversando com eles ao final, foi de que a maioria teve um bom entendimento do que mudou. E também nos preocupamos em deixar bem claro para os atletas que essas mudanças são tão novas para eles quanto para nós, árbitros, que também precisaremos passar por uma fase de adaptação."

Representante da Gestão Nacional de Arbitragem da CBJ, Jéferson Vieira explicou ainda que levará seminários de arbitragem nos próximos dias a diversos estados, como Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Ceará, Pernambuco, entre outros, além de já estar em pauta a execução em breve de um Seminário Nacional de Arbitragem para atualização do quadro de árbitros brasileiros.

A seleção seguirá concentrada em treinamento em Pinda até o próximo sábado. Os primeiros compromissos internacionais serão os Abertos Europeus de Sófia, na Bulgária, e de Odivelas, em Portugal, o Grand Slam de Paris e o Grand Priz de Dusseldorf, todos em fevereiro e já com a nova regra.

www.cbj.com.br
CBJ

Mais...

Buscas

Todas as notícias