Judô

Ruan Isquierdo é prata no Aberto Europeu de Katowice

942.V

CBJ
Peso-pesado foi derrotado na final pelo polonês Maciej Sarnacki. Próximo compromisso da seleção é o Grand Slam de Baku

Peso-pesado foi derrotado na final pelo polonês Maciej Sarnacki. Próximo compromisso da seleção é o Grand Slam de Baku

O peso-pesado Ruan Isquierdo garantiu a única medalha do Brasil no Aberto Europeu Masculino de Katowice, na Polônia. Na decisão, o atleta do Instituto Reação foi derrotado pelo polonês Maciej Sarnacki, num contragolpe depois de uma posição dividida. Com a segunda colocação, Ruan soma 70 pontos para o ranking mundial. O próximo compromisso da seleção brasileira é o Grand Slam de Baku no próximo final de semana, dias 12 e 13 de março.

“Consegui usar bem a minha estratégia tanto na parte tática quanto na física. A semana de treinamento que tivemos depois do Grand Prix de Dusseldorf foi muito boa e acredito que foi um fator determinante para minha melhora de desempenho”, disse Ruan. “Claro que gostaria de ter conquistado o ouro, estou chateado porque vi que era possível, mas estou satisfeito com o resultado. Sei que tenho coisas para melhorar mas acho que já consegui evoluir de uma competição para outra”.

Para chegar à decisão, Ruan foi bem agressivo em todas as suas lutas. Na primeira, passou por Lazar Dakovic, de Montenegro, com um waza-ari e o ippon. Depois, Andrii Kolesnyk, da Ucrânia, por um waza-ari. Contra Adil Orazbayev não conseguiu a projeção, mas forçou três punições ao adversário, sendo a terceira no último segundo de luta por falso ataque. Na semifinal, consegui se impor ante o ucraniano Nodar Machutadze, projetando o adversário duas vezes por waza-ari. Na decisão, sofreu o ippon contra Sarnacki.

O Brasil teve apenas seis atletas da equipe de desenvolvimento na competição. Lincoln Neves (73kg) lutou no sábado, 04, e Eduardo Yudi Santos (81kg), Rafael Macedo (81kg), Gustavo Assis (90kg) e Leonardo Gonçalves (100kg) também lutaram neste domingo mas não conseguiram chegar ao bloco final. A comissão técnica foi formada por Matheus Theotônio (chefe da delegação), Douglas Vieira (técnico) e Gustavo Braga (fisioterapeuta).

O Brasil terá 11 atletas no Grand Slam de Baku: Stefannie Arissa Koyama (48kg), Sarah Menezes (52kg), Gilmara Prudêncio (57kg), Samanta Soares (78kg), Melina Scárdua (78kg), Camila Yamakawa (+78kg), Eric Takabatake (60kg), Alex Pombo Silva (73kg), Eduardo Yudi Santos (81kg), Bruno Mendonça (90kg) e Rafael Silva (+78kg). A técnica Yuko Fujii e o fisioterapeuta Gabriel Bogalho acompanham a delegação.

www.cbj.com.br
CBJ

Mais...

Buscas

Todas as notícias