Mundial FINA 2017

Bruno e Cielo, duas vezes Brasil na final dos 50M livre

359.V

CBDA/Divulgação

Budapeste/HUN — Bruno Fratus e Cesar Cielo estarão na decisão da prova de 50m livre na tarde deste sábado, 29/07. Na fase de semifinais e finais de sexta-feira, 28/07, Bruno entrou com o terceiro tempo (21s60) empatado com o britânico Benjamin Proud. Cesar conquistou a oitava vaga para a disputa por medalha, com 21s77. Na liderança da prova está o americano Remel Caeleb Dressel (21s29) seguido pelo russo Vladmir Morozov (21s45). Relembrando, Fratus foi bronze no Mundial de Kazan 2015 e Cielo é tricampeão da prova (Roma 2009, Xangai 2011 e Barcelona 2013).

— Eu entrei na água meio esquisito. Acho que estava muito relaxado. Nem fiz a barba — brincou — acabei ficando relaxado demais. Entrei meio displicente demais. Acabei abrindo um pouco o braço. Amanhã vou entrar mais esperto. Eu quero muito subir ao pódio. Vou fazer tudo pra ganhar a prova, é o meu objetivo principal, mas minha preocupação é cruzar a piscina o mais rápido possível. Até porque vai acontecer o quê se eu não pegar pódio? Eu nado porque eu gosto, porque tenho prazer em competir, não porque alguém me põe pressão por alguma coisa. Vai ser “animal” ganhar a prova, pegar uma medalha, mas pra mim não tem essa pressão. O meu bem estar e o da minha família vem antes de qualquer outra coisa. Se alguma coisa me tirar o prazer da minha natação acho que não vai valer mais a pena — disse Bruno.

A “dança das cadeiras” nesta prova mudou o cenário da velocidade nos dois últimos anos, desde o Mundial de Kazan, na Rússia, em 2015. O segundo melhor tempo em Budapeste, o russo Morozov, ficou em 4º lugar em Kazan, atrás do bronze do Fratus. O britânico Benjamin Proud, que empatou com o Fratus para a final deste sábado (29/7), terminou em 8º há dois anos. O grego Kristin Gkolomeev, quinto tempo de hoje, foi sétimo em Kazan. Por fim, o medalhista de prata do Mundial anterior, o americano Nathan Adrian, e o quinto colocado, o ucraniano Govorov, ficaram de fora, hoje.

Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

— O Nathan nem que fosse nadar os 200m peito dava pra contar com ele fora. Ele é um cara que a gente sempre tem que ficar de olho, mas há um tempo que ele diz estar focado nos 100m (livre). Então, acho que deve ter entrado na prova relax, “desencanado’ — observou Fratus.

Cesar Cielo ficou feliz em ter conquistado mais uma decisão de Campeonato Mundial.

— Eu sabia mais ou menos o que eu tinha que fazer. Eu vim pra fazer 21s70, que era o que eu achava que ia ser suficiente, e foi um chute bom. Acho que eu tenho mais um pouco dentro de mim, se eu executar a prova um pouco melhor. Minha saída de hoje cedo (eliminatórias) foi um pouco melhor que a de hoje à noite (semifinal). Acho que amanhã é vir tranquilo, na raia oito, que é a raia que eu mais gosto pra Mundial porque eu tenho mais tempo de tirar a roupa. Bacana fazer essa final. Foi como eu disse, eu estou lidando de temporada em temporada. Estou indo amanhã como se eu tivesse indo para a minha última final de Mundial. Se eu não nadar mais dois anos vou ter a oportunidade de nadar mais uma final de cinquentinha. Eu acho que deu pra ver mais ou menos que vai ser em torno de 21s5, o bronze. Eu vou tentar mirar um tempo melhor do que eu fiz hoje. A ideia é fazer a saída que eu fiz hoje cedo, que foi uma saída boa e botar a mão na parede e ver o que acontece. Hoje o Bruno está mais qualificado pro pódio pelo que ele vem fazendo. Vou tentar fazer o meu melhor — disse Cielo.

Henrique Martins nadou as semifinais dos 100m borboleta. Ele entrou com o oitavo melhor tempo das semifinais e na disputa da primeira semifinal virou os 50m na primeira posição. No entanto, sua chegada não foi boa e o tirou da decisão. Ele terminou em sexto na sua semifinal (51s47) e em 11º lugar na classificação geral.

Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA
— Foi uma prova boa, bem parecida com a manhã. Fui um centésimo mais forte, mas fiz meu melhor tempo. Queria estar nessa final, mas errei na chegada de novo. É uma coisa que tenho que treinar bastante, porque essa deslizada me custou uns 10 ou 15 centésimos que me deixaram de fora. Sempre saímos com coisas para ajustar e gostinho de quero mais. Na final dos 50m borboleta eu queria ter nadado mais junto do pessoal. Gostei dos 100m, uma prova que treinei bastante, foi bom ter baixado meu tempo, mas foi um detalhezinho, que se tivesse acertado, poderia estar nessa final. Minha estratégia era passar forte, mas cansei bastante no final. Agora é descansar, esfriar a cabeça e focar no revezamento – explicou Henrique.

Os Esportes Aquáticos do Brasil contam com recursos dos Correios - Patrocinador Oficial dos Desportos Aquáticos Brasileiros -, Lei Agnelo/Piva - Governo Federal - Ministério do Esporte, COB e Estácio.

Seleção Brasileira
Brandonn Almeida, Bruno Fratus, Cesar Cielo, Etiene Medeiros, Felipe Lima, Gabriel Santos, Guilherme Guido, Guilherme Costa, Henrique Martins, João Gomes Junior, Joanna Maranhão, Leonardo de Deus, Manuella Lyrio, Marcelo Chierighini, Nicholas Santos e Thiago Simon.
Equipe Multidisciplinar

Treinadores: Alberto Silva, Felipe Domingues, Sérgio Marques (chefe de equipe) e Tiago Moreno.
Médico - Luiz Roberto Marchese.
Fisioterapeutas: Natan Cunha e Tiago Consenza
Biomecânico: Samie Elias

Resultados — Até 28/07

Medalhas

Ouro - 50m costas - Etiene Medeiros (Recorde das Américas)

Prata — 4x100m livre — Gabriel Santos, Marcelo Chierighini, Cesar Cielo e Buno Fratus (Recorde Sul-Americano)

Prata — 50m borboleta — Nicholas Santos

Prata — 50m peito — João Gomes Junior (Recorde das Américas)

Finais

4º — 50m Peito - Felipe Lima

5º — 100m livre — Marcelo Chierighini

6º — 50m borboleta — Henrique Martins

7º — 100m costas — Guilherme Guido

Semifinais

10º — 200m medley — Joanna Maranhão (Recorde Sul-Americano)

10º — 100m peito — Felipe Lima

11º -— 100m peito — João Gomes Júnior

11º — 200m costas — Leonardo de Deus

11º — 100m borboleta — Henrique Martins

14º — 100m livre - Gabriel Santos

14º — 200m borboleta — Leonardo de Deus

Programação

Dia 29/07- sábado

4h30: eliminatórias 1500m live masculino (Guilherme Costa), 50m livre feminino (Etiene Medeiros), 50m costas masculino (Guilherme Guido), 50m peito feminino e 4x100m livre misto - SporTV 2

12h30: final dos 50m livre masculino (Bruno Fratus e Cesar Cielo), semifinal dos 50m livre feminino, final dos 800m feminino, semifinal 50m costas masculino, final 200m costas feminino, semifinal 50m peito feminino, final 100m borboleta masculino, final 50m borboleta feminino e 4x100m livre misto - SporTV 2

Dia 30/07- domingo

4h30: eliminatórias: 400m medley masculino (Brandonn Almeida), 400m medley feminino (Joanna Maranhão), 4x100m medley masculino (equipe brasileira a definir) e 4x100m medley feminino - SporTV 2

12h30: final dos 1500m masculino, final dos 50m costas feminino, final dos 50m peito feminino, final dos 400m medley masculino, final dos 400m medley feminino, 4x100m medley masculino e 4x100m medley feminino - SporTV 2

www.cbda.org.br
Eliana Alves Cruz/Mariana de Sá/Souza Santos

Mais...

Buscas

Todas as notícias