Tradutor/ Translate

Roland Garros é adiado para 30 de maio devido à covid-19

Roland Garros é adiado para 30 de maio devido à covid-19
Objetivo é poder aumentar o público que acompanha as partidas este ano
Foto: © Reuters/Benoit Tessier/Direitos Reservados

O torneio de Roland Garros deste ano foi adiado devido à pandemia de covid-19 e começará em 30 de maio, informou a Federação Francesa de Tênis (FFT) nesta quinta-feira.

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

+ A top 10 do mundo Luisa Stefani sonha com vaga na Olimpíada

Judô Tênis

O Grand Slam no saibro, que no ano passado foi adiado em quatro meses e transcorreu diante de plateias limitadas, terminará no dia 13 de junho, duas semanas antes do começo planejado de Wimbledon.

O Grand Slam na grama disse que não mudará suas datas ao saber da decisão do Aberto da França, que apoiou.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

+ As duplas de tênis de Melo e Stefani caem em estreias na Itália e nos EUA

“Esta decisão foi debatida com a Diretoria de Grand Slams, e, dadas as circunstâncias excepcionais, tem todo o apoio do Aberto da Austrália, de Wimbledon e do Aberto dos Estados Unidos”, disse Wimbledon em um comunicado.

Com o adiamento, torneios de grama programados para começar em 7 de junho em s’Hertogenbosch (WTA e ATP), Stuttgart (ATP) e Nottingham (WTA) devem coincidir com a segunda semana de Roland Garros.

O presidente da FFT, Gilles Moreton, disse que a entidade tomou a decisão depois de consultar as autoridades públicas, os organismos que governam o tênis internacional e seus parceiros e transmissores.

A entidade espera que o adiamento permita o acolhimento de mais torcedores nas dependências do que em 2020, quando só mil pessoas por dia podiam acompanhar partidas.

“Para os torcedores, os jogadores e o clima, a presença de espectadores é vital para nosso torneio, o evento esportivo internacional mais importante da primavera.”

Fonte: Agência Brasil (agenciabrasil.ebc.com.br)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.