Judô

Brasil sedia Campeonato das Américas de Judô neste sábado (26), em São Paulo

505.V

Fernando Maia/CPB/MPIX
Lucia Teixeira conquistou pódios em todas as competições desde 2009.

Lucia Teixeira conquistou pódios em todas as competições desde 2009.

A Seleção Brasileira de Judô para cegos vai encarar mais um desafio no próximo dia 26 de agosto, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. Com a presença de Argentina, Brasil, Canadá, Colômbia, Estados Unidos e Porto Rico, o Campeonato das Américas será encarado como o primeiro passo rumo aos Jogos de Tóquio 2020.

- Vai ser a primeira competição que vai valer pontos para o ranking mundial e isso é importante para nós garantirmos as vagas para Tóquio 2020 – disse o técnico Jaime Bragança.

O evento contará com a participação de 43 atletas, sendo 21 da delegação brasileira. E entre os que estarão na competição, os medalhistas de prata dos Jogos Paralímpicos Rio 2016, Antônio Tenório, Alana Maldonado, Lucia Teixeira e Wilians Araújo, são presença garantida. Além deles, outros judocas que também já marcaram história na modalidade com conquistas em Paralimpíadas, também iniciam a trajetória no novo ciclo.

- Essa competição vai ser muito importante para avaliar nossos atletas, principalmente o comportamento dos novos. E também servir para observar os nossos adversários – analisou o técnico.

A competição também serve como preparação para a Copa do Mundo que será disputada no Uzbequistão, de 08 a 10 de outubro. Então, a comissão técnica estará de olho no desempenho dos atletas para definir a próxima convocação.

Otimismo com a nova geração

O Brasil contará também com revelações que se destacaram nos últimos eventos. A caçula é Rebeca Silva, de 16 anos, campeã nos Jogos Parapan-Americanos de Jovens, deste ano. Além da paulistana, Luan Pimentel (19), campeão do GP Internacional Infraero e com duas medalhas de Jogos Universitários, e Luiza Oliano (20), quinto lugar no Mundial de 2014, são algumas das apostas.

A lista de convocados da nova geração conta ainda com Anderson Wassian (18), Gabriel Silva (18), Giulia Pereira (17), João Souza (18), Larissa Silva (18) e Thiego Silva (18), nomes que pintam como promessas para o futuro. E mesmo sendo os primeiros passos desses atletas, o carioca Gabriel Silva acredita em um bom resultado.

- Fui bronze no Grand Prix Internacional, uma competição que foi bastante forte, e conquistei o lugar mais alto do pódio no Parapan de Jovens. E nesse Campeonato das Américas estou bem focado, com o pensamento positivo e acredito na medalha – disse o atleta da categoria 66kg.

Serviço
Campeonato das Américas de Judô IBSA 2017
Data: 26 de agosto
Local: Centro de Treinamento Paralímpico de São Paulo
Endereço: Rodovia dos Imigrantes, Km 11,5, s/n – Vila Guarani, São Paulo/SP

Horários:
09h30 – Abertura

10h – Disputas:
Masculino: -60kg / -73kg / - 81kg / -90kg
Feminino: -48kg / -57kg / -63kg / -70kg

11h30 – Premiação

13h – Disputas:
Masculino: -66kg / -100kg / +100kg
Feminino: -52kg / +70kg

14h30 – Premiação

Credenciamento Imprensa

Download da foto

www.cbdv.org.br
Tadeu Casqueira

Mais...

Buscas

Todas as notícias