Tradutor/ Translate

Equipes brasileiras entram em quadra neste sábado pelas quartas de final da Basketball Champions League Américas

Equipes brasileiras entram em quadra neste sábado pelas quartas de final da Basketball Champions League Américas

O basquete brasileiro vive um momento histórico na esfera internacional. Dos oito classificados aos playoffs da Basketball Champions League Américas 2021, quatro são do NBB: Flamengo, Minas Tênis Clube, São Paulo FC e Sesi Franca, que entrarão em quadra neste sábado (10/04) pelas quartas de final do maior torneio das Américas. A fase final inteira da BCLA será realizada no Polideportivo Alexis Arguello, na cidade de Managua, na Nicarágua, e terá transmissões ao vivo no DAZN.

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

Todas as séries serão decididas em jogo único. Quem vencer, avança à próxima fase. As semifinais acontecerão já no domingo (11/04), enquanto a grande decisão será na terça-feira (13/04). O campeão conquistará uma vaga na próxima edição da Copa Intercontinental de Clubes da FIBA.

Judô Tênis

O primeiro brasileiro a entrar em quadra neste sábado será o São Paulo FC. Estreante na maior competição das Américas, o Tricolor vem de uma temporada histórica: terceiro lugar na fase de classificação NBB (23 vitórias e sete derrotas) e classificado entre os oito melhores clubes do continente.

Vice-líder do Grupo B (duas vitórias e duas derrotas), o Tricolor vai encarar o bicampeão das Américas (2018 e 2019), o poderoso San Lorenzo (ARG), que avançou aos playoffs de forma invicta na primeira colocação do Grupo C, com quatro triunfos em quatro oportunidades. O duelo terá início às 14h40.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

“Agora é duelo de titãs, onde tudo será decidido num jogo só. Acredito que a equipe (do São Paulo), pela experiência que tem e por conhecer os atalhos, pode ter uma boa atuação contra esse adversário bastante conhecido e qualificado ainda nesta primeira fase dos playoffs”, afirmou o comandante do São Paulo FC, Cláudio Mortari, que foi campeão da Liga das Américas 2013 pelo Pinheiros – ao lado de Shamell, que foi o MVP.

09-04-2021 | 01:16
Por Liga Nacional de BasqueteCompartilhe:
Flamengo, Minas, São Paulo e Sesi Franca entram em quadra neste sábado pelas quartas de final da Basketball Champions League Américas; jogos serão transmitidos pelo DAZN
O basquete brasileiro vive um momento histórico na esfera internacional. Dos oito classificados aos playoffs da Basketball Champions League Américas 2021, quatro são do NBB: Flamengo, Minas Tênis Clube, São Paulo FC e Sesi Franca, que entrarão em quadra neste sábado (10/04) pelas quartas de final do maior torneio das Américas. A fase final inteira da BCLA será realizada no Polideportivo Alexis Arguello, na cidade de Managua, na Nicarágua, e terá transmissões ao vivo no DAZN.
Todas as séries serão decididas em jogo único. Quem vencer, avança à próxima fase. As semifinais acontecerão já no domingo (11/04), enquanto a grande decisão será na terça-feira (13/04). O campeão conquistará uma vaga na próxima edição da Copa Intercontinental de Clubes da FIBA.

O primeiro brasileiro a entrar em quadra neste sábado será o São Paulo FC. Estreante na maior competição das Américas, o Tricolor vem de uma temporada histórica: terceiro lugar na fase de classificação NBB (23 vitórias e sete derrotas) e classificado entre os oito melhores clubes do continente.

Vice-líder do Grupo B (duas vitórias e duas derrotas), o Tricolor vai encarar o bicampeão das Américas (2018 e 2019), o poderoso San Lorenzo (ARG), que avançou aos playoffs de forma invicta na primeira colocação do Grupo C, com quatro triunfos em quatro oportunidades. O duelo terá início às 14h40.

  • Georginho: “É um torneio que pode mudar o rumo das nossas vidas”

“Agora é duelo de titãs, onde tudo será decidido num jogo só. Acredito que a equipe (do São Paulo), pela experiência que tem e por conhecer os atalhos, pode ter uma boa atuação contra esse adversário bastante conhecido e qualificado ainda nesta primeira fase dos playoffs”, afirmou o comandante do São Paulo FC, Cláudio Mortari, que foi campeão da Liga das Américas 2013 pelo Pinheiros – ao lado de Shamell, que foi o MVP.

Em seguida será a vez do Flamengo, que chega invicto aos playoffs da BCLA, com cinco vitórias em cinco jogos no Grupo D. Seu adversário será o Caballos de Coclé (Panamá), que teve três triunfos em seis partidas no Grupo A. O duelo será às 17h10 (de Brasília).

“Assisti todos os jogos deles na BCLA e são uma equipe muito experiente e bem dirigida pelo Flor Melendez. É praticamente uma Seleção, recheada de jogadores internacionais e muito experimentados. Para vencê-los teremos que jogar no nosso limite e fazer prevalecer o conjunto, o jogo coletivo, e principalmente a defesa, pois trata-se de um adversário extremamente capaz de pontuar bastante”, disse o técnico do Flamengo, Gustavo De Conti.

Além da grande campanha na BCLA, pode se dizer que o Flamengo vive uma fase histórica. A equipe do técnico Gustavo De Conti encerrou a fase de classificação do NBB igualando a melhor campanha da história: 28 vitórias em 30 jogos (93,3%), a mesma do Bauru em 2014/2015. E de quebra, são 23 triunfos em 23 partidas no ano de 2021 para os rubro-negros.

Outro brasileiro em ação no Final 8 da BCLA será o Minas Tênis Clube, vice-líder do Grupo D com duas vitórias em seis partidas. O rival será ninguém menos que os atuais campeões da Basketball Champions League Américas, o Quimsa (ARG), que foi líder do Grupo B com três resultados positivos em quatro jogos. A bola vai subir às 19h40 (de Brasília).

O momento não poderia ser melhor para os minastenistas. No NBB, a equipe conquistou a melhor campanha de sua história no NBB na fase de classificação: segunda colocação geral com expressivas 26 vitórias e quatro derrotas (86,7% de aproveitamento). Que momento para os comandados do técnico Léo Costa.

“Tudo começou com a ambição do clube para montar uma equipe forte e competitiva esse ano. A gente sabia que com a qualidade dos jogadores que foram contratados, esse feito seria possível. Em nenhum momento deixamos de trabalhar. Nós nos colocamos nessa posição de atingir esse feito histórico no clube, com muito trabalho e dedicação da comissão técnica e jogadores. Nesses três últimos jogos, nós conseguimos crescer bastante para a Champions. Essa última partida contra o Bauru foi de extrema importância para termos um teste forte. A gente sabe que vai ser uma competição duríssima. Nessa fase só tem times campeões dos seus países, que merecem estar ali o tanto quanto a gente”, afirmou o pivô JP Batista, do Minas.

E por fim, na última partida do sábado, o tradicional Sesi Franca Basquete avançou aos playoffs da BCLA 2021 ao conquistar o segundo lugar do Grupo C, com duas vitórias e duas derrotas. O rival será o dono da casa Real Esteli, da Nicarágua, que foi líder do Grupo A (quatro vitórias e duas derrotas).

No NBB 2020/2021, os francanos tiveram uma temporada de muitos altos e baixos e encerraram sua participação na fase de classificação na sétima colocação, com 15 vitórias e 15 derrotas (50% de aproveitamento). No entanto, a sensação é de confiança para buscar a vaga no Final 4 da Basketball Champions League.

“Temos uma campanha muito produtiva na Champions até agora. Vencemos duas vezes o Obras Sanitárias na Argentina e conseguimos a vaga entre os oito melhores do torneio. Estamos com a cabeça tranquila e acima de tudo motivados para esse primeiro jogo para buscarmos o grande objetivo que é ficar entre os quatro melhores times das Américas”, declarou o técnico do Sesi Franca, Helinho Garcia.

*Por conta das novas restrições de combate à Covid-19 no Brasil, Argentina e Chile, a FIBA decidiu, juntamente com os clubes, dar por finalizada a fase de classificação dos grupos B e C sem ser realizada a última janela de jogos. Portanto, as equipes disputaram duas partidas a menos em relação aos outros grupos.

09-04-2021 | 01:16
Por Liga Nacional de BasqueteCompartilhe:
Flamengo, Minas, São Paulo e Sesi Franca entram em quadra neste sábado pelas quartas de final da Basketball Champions League Américas; jogos serão transmitidos pelo DAZN
O basquete brasileiro vive um momento histórico na esfera internacional. Dos oito classificados aos playoffs da Basketball Champions League Américas 2021, quatro são do NBB: Flamengo, Minas Tênis Clube, São Paulo FC e Sesi Franca, que entrarão em quadra neste sábado (10/04) pelas quartas de final do maior torneio das Américas. A fase final inteira da BCLA será realizada no Polideportivo Alexis Arguello, na cidade de Managua, na Nicarágua, e terá transmissões ao vivo no DAZN.
Todas as séries serão decididas em jogo único. Quem vencer, avança à próxima fase. As semifinais acontecerão já no domingo (11/04), enquanto a grande decisão será na terça-feira (13/04). O campeão conquistará uma vaga na próxima edição da Copa Intercontinental de Clubes da FIBA.

O primeiro brasileiro a entrar em quadra neste sábado será o São Paulo FC. Estreante na maior competição das Américas, o Tricolor vem de uma temporada histórica: terceiro lugar na fase de classificação NBB (23 vitórias e sete derrotas) e classificado entre os oito melhores clubes do continente.

Vice-líder do Grupo B (duas vitórias e duas derrotas), o Tricolor vai encarar o bicampeão das Américas (2018 e 2019), o poderoso San Lorenzo (ARG), que avançou aos playoffs de forma invicta na primeira colocação do Grupo C, com quatro triunfos em quatro oportunidades. O duelo terá início às 14h40.

  • Georginho: “É um torneio que pode mudar o rumo das nossas vidas”

“Agora é duelo de titãs, onde tudo será decidido num jogo só. Acredito que a equipe (do São Paulo), pela experiência que tem e por conhecer os atalhos, pode ter uma boa atuação contra esse adversário bastante conhecido e qualificado ainda nesta primeira fase dos playoffs”, afirmou o comandante do São Paulo FC, Cláudio Mortari, que foi campeão da Liga das Américas 2013 pelo Pinheiros – ao lado de Shamell, que foi o MVP.

Em seguida será a vez do Flamengo, que chega invicto aos playoffs da BCLA, com cinco vitórias em cinco jogos no Grupo D. Seu adversário será o Caballos de Coclé (Panamá), que teve três triunfos em seis partidas no Grupo A. O duelo será às 17h10 (de Brasília).

“Assisti todos os jogos deles na BCLA e são uma equipe muito experiente e bem dirigida pelo Flor Melendez. É praticamente uma Seleção, recheada de jogadores internacionais e muito experimentados. Para vencê-los teremos que jogar no nosso limite e fazer prevalecer o conjunto, o jogo coletivo, e principalmente a defesa, pois trata-se de um adversário extremamente capaz de pontuar bastante”, disse o técnico do Flamengo, Gustavo De Conti.

  • “Temos que jogar nosso melhor basquete para avançar”, disse Marquinhos

Além da grande campanha na BCLA, pode se dizer que o Flamengo vive uma fase histórica. A equipe do técnico Gustavo De Conti encerrou a fase de classificação do NBB igualando a melhor campanha da história: 28 vitórias em 30 jogos (93,3%), a mesma do Bauru em 2014/2015. E de quebra, são 23 triunfos em 23 partidas no ano de 2021 para os rubro-negros.

Outro brasileiro em ação no Final 8 da BCLA será o Minas Tênis Clube, vice-líder do Grupo D com duas vitórias em seis partidas. O rival será ninguém menos que os atuais campeões da Basketball Champions League Américas, o Quimsa (ARG), que foi líder do Grupo B com três resultados positivos em quatro jogos. A bola vai subir às 19h40 (de Brasília).

O momento não poderia ser melhor para os minastenistas. No NBB, a equipe conquistou a melhor campanha de sua história no NBB na fase de classificação: segunda colocação geral com expressivas 26 vitórias e quatro derrotas (86,7% de aproveitamento). Que momento para os comandados do técnico Léo Costa.

  • Minas se apoia no trabalho duro na temporada para seguir fazendo história

“Tudo começou com a ambição do clube para montar uma equipe forte e competitiva esse ano. A gente sabia que com a qualidade dos jogadores que foram contratados, esse feito seria possível. Em nenhum momento deixamos de trabalhar. Nós nos colocamos nessa posição de atingir esse feito histórico no clube, com muito trabalho e dedicação da comissão técnica e jogadores. Nesses três últimos jogos, nós conseguimos crescer bastante para a Champions. Essa última partida contra o Bauru foi de extrema importância para termos um teste forte. A gente sabe que vai ser uma competição duríssima. Nessa fase só tem times campeões dos seus países, que merecem estar ali o tanto quanto a gente”, afirmou o pivô JP Batista, do Minas.

E por fim, na última partida do sábado, o tradicional Sesi Franca Basquete avançou aos playoffs da BCLA 2021 ao conquistar o segundo lugar do Grupo C, com duas vitórias e duas derrotas. O rival será o dono da casa Real Esteli, da Nicarágua, que foi líder do Grupo A (quatro vitórias e duas derrotas).

No NBB 2020/2021, os francanos tiveram uma temporada de muitos altos e baixos e encerraram sua participação na fase de classificação na sétima colocação, com 15 vitórias e 15 derrotas (50% de aproveitamento). No entanto, a sensação é de confiança para buscar a vaga no Final 4 da Basketball Champions League.

“Temos uma campanha muito produtiva na Champions até agora. Vencemos duas vezes o Obras Sanitárias na Argentina e conseguimos a vaga entre os oito melhores do torneio. Estamos com a cabeça tranquila e acima de tudo motivados para esse primeiro jogo para buscarmos o grande objetivo que é ficar entre os quatro melhores times das Américas”, declarou o técnico do Sesi Franca, Helinho Garcia.

*Por conta das novas restrições de combate à Covid-19 no Brasil, Argentina e Chile, a FIBA decidiu, juntamente com os clubes, dar por finalizada a fase de classificação dos grupos B e C sem ser realizada a última janela de jogos. Portanto, as equipes disputaram duas partidas a menos em relação aos outros grupos.

Com quatro clubes brasileiros entre os oito melhores da BCLA, não há como negar a alta possibilidade de ter ao menos um deles na grande final. Nos últimos oito anos, os clubes do NBB tiveram seis aparições na final do principal torneio das Américas, sendo cinco da antiga Liga das Américas e uma da BCLA. Ao todo, foram três títulos para os brazucas: Pinheiros em 2013, Flamengo em 2014 e Bauru em 2015.

Na primeira edição da Champions (2019/2020), o Flamengo foi superado pelo Quimsa (ARG) na decisão em jogo único por 92 a 86, em Montevidéu (URU). Agora, ambos os times avançaram aos playoffs novamente como líderes de seus grupos e estão no páreo para buscar uma nova vaga na decisão.

*Por conta das novas restrições de combate à Covid-19 no Brasil, Argentina e Chile, a FIBA decidiu, juntamente com os clubes, dar por finalizada a fase de classificação dos grupos B e C sem ser realizada a última janela de jogos. Portanto, as equipes disputaram duas partidas a menos em relação aos outros grupos.

Programação dos Playoffs da BCLA 2021:

Sábado (10/04) – Quartas de final

14h40 – San Lorenzo (ARG) x São Paulo FC – ao vivo no DAZN

17h10 – Flamengo x Caballos de Coclé (PAN) – ao vivo no DAZN

19h40 – Quimsa (ARG) x Minas Tênis Clube – ao vivo no DAZN

22h10 – Real Esteli (NIC) x Sesi Franca Basquete – ao vivo no DAZN

Domingo (11/04) – Semifinais

19h40 – Vencedor 1 x Vencedor 2 – ao vivo no DAZN

22h10 – Vencedor 3 x Vencedor 4 – ao vivo no DAZN

Terça-feira (13/04) – Final

19h40 – Disputa de 3º lugar – ao vivo no DAZN

22h10 – Grande Final – ao vivo no DAZN

Fonte: LNB (lnb.com.br)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.