Circuito Loterias Caixa

Circuito Loterias Caixa chega ao fim e nadadores miram agora Mundial do México

251.V

Alexandre Urch/CPB/MPIX

Chegou ao fim neste domingo, 29, a última etapa nacional do Circuito Loterias Caixa de Atletismo, Halterofilismo e Natação. O principal evento do esporte adaptado no Brasil encerrou sua temporada no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, onde também aconteceu o Campeonato Brasileiro de Esgrima em Cadeira de Rodas. As equipes de três modalidades aproveitaram para fazer os últimos ajustes antes dos respectivos Mundiais.

A edição 2017 do Circuito Loterias Caixa termina após as quatro etapas regionais e as três nacionais. O último estágio, em São Paulo, contou com a presença de 864 atletas - 501 pelo atletismo, 93 no halterofilismo e 270 na natação. Já o Brasileiro de Esgrima em Cadeira de Rodas abriu 41 atletas, de três armas.

Na natação, os atletas competiram pela última vez antes do Mundial da Cidade do México, que acontecerá de 2 e 7 de dezembro. O destaque do evento foi Andre Brasil, que venceu os 100m livre S10 neste domingo com o tempo de 52s88 - marca muito próxima dos 52s48 que o colocam no segundo lugar no ranking mundial, atrás do australiano Rowan Crothers, que registrou 51s15 em Toronto, no Canadá.

Retrato de que, apesar do adiamento da competição, em decorrência do forte terremoto que assolou a capital mexicana e deixou centenas de mortos, os nadadores brasileiros seguem em ascensão para chegar ao pico de performance no Mundial.

"Quando houve o adiamento do Mundial de Natação, estávamos na fase final de preparação, em que os atletas descansam. Não havia tempo hábil para dar férias aos atletas, mas não precisávamos também começar os treinos do zero. Adaptamos individualmente o trabalho dos atletas e acredito que vamos manter o bom desempenho até a semana da competição. Este é o evento mais importante do ano para nós e não deixou de ser", disse Leonardo Tomasello, técnico-chefe da natação paralímpica brasileira.

Andre é um dos 17 atletas que estarão em ação na Piscina Olímpica Francisco Márquez. O local foi sede da natação nos Jogos Olímpicos de 1968 e receberá os principais nadadores do planeta.

O Circuito
O Circuito Loterias Caixa é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro e patrocinado pelas Loterias Caixa. Este é o mais importante evento paralímpico nacional de atletismo, halterofilismo e natação. Composto por quatro fases regionais e três nacionais, tem como objetivo desenvolver as práticas desportivas em todos os municípios e estados brasileiros, além de melhorar o nível técnico das modalidades e dar oportunidades para atletas de elite e novos valores do esporte paralímpico do país.

Patrocínios
A equipe brasileira de paratletismo tem patrocínio das Loterias Caixa e da Braskem.
As equipes de esgrima em cadeira de rodas, halterofilismo e natação têm patrocínio das Loterias Caixa.

Time São Paulo
O atleta Andre Brasil é integrante do Time São Paulo, parceria entre o CPB e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo que beneficia 56 atletas e nove atletas-guia de 10 modalidades.

Assessoria de comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)

www.cpb.org.br
Comitê Paralímpico Brasileiro

Mais...

Buscas

Todas as notícias