Judô

Minas e Pinheiros decidirão o título do I Grand Prix Misto Sub 21

431.V

Lara Monsores/CBJ
Pinheirenses passaram pelo Mogi (SP) na semi, enquanto os mineiros derrotaram a Sogipa (RS) para chegar à final. Disputas por medalha serão nesta sexta, a partir das 10h

Pinheirenses passaram pelo Mogi (SP) na semi, enquanto os mineiros derrotaram a Sogipa (RS) para chegar à final. Disputas por medalha serão nesta sexta, a partir das 10h

A grande decisão do primeiro Grand Prix Nacional Misto Sub 21 da CBJ colocará frente a frente no tatame do ginásio Antônio Prado Júnior, no Club Athletico Paulistano (SP), duas das mais tradicionais agremiações do Brasil: Minas Tênis Clube e Esporte Clube Pinheiros. As disputas de medalhas serão nesta sexta-feira, 03, a partir das 10h (horário de Brasília).

Galeria de fotos

Chaveamento

Para chegar à final, os paulistas tiveram desempenho quase perfeito nas eliminatórias perdendo apenas duas lutas. Primeiro, passaram pelo Judô Futuro (MS) por 7 a 1, nas oitavas-de-final. Em seguida, superaram o Instituto Reação por 5 a 0 nas quartas, e fizeram 5 a 1 na equipe de Mogi (SP), na semifinal para se garantirem na disputa pelo ouro.

O Minas, por outro lado, só definiu sua vaga na decisão, literalmente, na última luta das eliminatórias com muita emoção. Depois de passarem sem maiores dificuldades por Palmeiras (SP), com um 7 a 1, e pelo SESI (SP), com um 5 a 1, os mineiros encararam a Sogipa numa semifinal marcada pelo equilíbrio. Ao final das 8 lutas, cada equipe venceu 4 e empataram em todos os critérios (vitórias por ippon e vitórias por waza-ari).

Com isso, foi sorteada uma luta extra que decidiria o vencedor do combate. Coube às pesados Milena Silva (Minas) e Camila Ponce (Sogipa) decidirem o destino de suas equipes na competição. Milena havia sido derrotada por Camila com uma chave de braço na luta normal, mas conseguiu a revanche com outro ippon na luta de desempate para carimbar o passaporte do Minas à primeira final do Grand Prix Misto.

DISPUTAS DE BRONZE

Derrotado pelo Pinheiros na semifinal, o time de Mogi (SP) disputará o bronze com a equipe do Sesi (SP), que venceu Espéria (SP) e Palmeiras (SP) na repescagem para chegar ao bronze.

A outra disputa de terceiro lugar será entre a Sogipa (RS) e o Instituto Reação, que caiu para o Pinheiros nas quartas, mas recuperou-se na repescagem com vitórias sobre Judô Futuro (MS) e Hikari (ES).
12 primeiros colocados estão garantidos na edição 2018 do Grand Prix Misto Sub 21

Com os resultados das eliminatórias, os clubes que terminaram entre os 12 melhores já se garatiram na próxima edição do Grand Prix Misto Sub 21, em 2018. Dessa forma, cinco deles deverão disputar o Qualifying no ano que vem: Namie (SP), Morgenau (PR), UMBRA (RJ), Hebraica (SP) e BNB Fortaleza (CE).
Resultados das Eliminatórias:

1ª RODADA

NAMIE (SP) 4 X 4 (+ippon) MORGENAU (PR)

OITAVAS-DE-FINAL

PALMEIRAS (SP) 2 X 3 MINAS (MG)

SESI (SP) 7 X 1 UMBRA (RJ)

ESPÉRIA (SP) 0 X 8 SOGIPA (RS)

HEBRAICA (SP) 3 X 5 REAÇÃO (RJ)

PINHEIROS (SP) 7 X 1 JUDÔ FUTURO (MS)

PAULISTANO (SP) 4 X 3 BNB (CE)

MOGI (SP) 7 X 1 HIKARI (ES)

JEQUIÁ (RJ) 5 X 3 MORGENAU (PR)

QUARTAS-DE-FINAL

SESI (SP) 1 X 5 SOGIPA (RS)
REAÇÃO (RJ) 0 X 5 PINHEIROS (SP)

MINAS (MG) 5 X 1 JEQUIÁ (RJ)

PAULISTANO (SP) 1 X 5 MOGI (SP)
INÍCIO A PARTIR DAS 15H (horário de Brasília)

SEMIFINAL
MINAS (MG) 5 X 4 SOGIPA (RS)
PINHEIROS (SP) 5 X 1 MOGI (SP)
REPESCAGEM
PALMEIRAS (SP) 5 X 1 JEQUIÁ (RJ)

ESPÉRIA (SP) 0 X 5 SESI (SP)

JUDÔ FUTURO (MS) 0 X 5 REAÇÃO (RJ)
HIKARI (ES) 4 X 3 PAULISTANO (SP)

PALMEIRAS (SP) 3 X 5 SESI (SP)

REAÇÃO (RJ) 5 X 1 HIKARI (ES)
BRONZE

SESI (SP) X MOGI (SP)

REAÇÃO (RJ) X SOGIPA (RS)
FINAL
PINHEIROS (SP) X MINAS (MG)

- Súmula - Eliminatórias

www.cbj.com.br
Confederação Brasileira de Judô

Mais...

Buscas

Todas as notícias