Judô

Minas Tênis Clube vence Esporte Clube Pinheiros e leva o título do primeiro Grand Prix Nacional Misto Sub 21

19.V

Lara Monsores/CBJ
Os bronzes ficaram com as equipes do SESI (SP) e do Instituto Reação (RJ)

Os bronzes ficaram com as equipes do SESI (SP) e do Instituto Reação (RJ)

A equipe do Minas Tênis Clube conquistou nesta sexta-feira, 03, o título do inédito Campeonato Brasileiro Interclubes - Grand Prix Nacional Misto Sub 21 ao derrotar o time do Esporte Clube Pinheiros na grande final, no ginásio Antônio Prado Jr, do Club Athletitco Paulistano (SP). Para ficar com o ouro, os mineiros venceram seis das oito lutas.

O primeiro ponto veio logo no primeiro combate, com Amanda Lima (48kg) finalizando Laura Ferreira com um estrangulamento. Em seguida, Robson Penna venceu João Paulo Corrêa por ippon e ampliou a vantagem mineira para dois a zero. Kamilla Silva superou Joseane Nunes para fazer três a zero, e Julio Koda Filho derrotou Rafael Freitas para marcar o quarto ponto. No quinto e decisivo combate, Sarah Nascimento imobilizou Meire Souza até o ippon e garantiu o título para o clube de Belo Horizonte.

Henrique Francini e Beatriz Souza ainda descontaram para o Pinheiros, mas André Humberto derrotou Lucas Lima na última luta e deu números finais ao confronto: Minas 6 x 2 Pinheiros.

"A vitória na semifinal contra a Sogipa foi fundamental para essa atidude da equipe na final. Os meninos sentiram que eles tinham condições de superar qualquer obstáculo", lembrou Floriano Almeido, técnico do Minas, citando a vitória por 5 a 4 definida na luta extra contra os gaúchos. "Eu sou o maior defensor do apoio às categorias de base. Essa competição vai ser um marco para o início da renovação da equipe principal do Brasil. Os meninos ficam com moral e traz visibilidade para vários atletas jovens que ficam escondidos em seus clubes ou em campeonatos individuais. Quando eles vêm para uma disputa em grupo isso mexe com eles, que entendem melhor que é o esforço conjunto que traz o resultado."

SESI e Reação conquistam bronze

Nas disputas pelas duas medalhas de bronze, as equipes do SESI (SP) e do Instituto Reação (RJ) levaram a melhor sobre seus adversários e se garantiram no pódio. O SESI derrotou o Judô Clube Mogi das Cruzes (SP) por 6 a 2. Já o Reação terminou o combate com a Sogipa empatado em quatro a quatro no número de vitórias e também no primeiro critério de desempate, que é o número de vitórias por ippon. A medalha ficou com o time carioca, portanto, graças ao segundo critério de desempate, vitórias por waza-ari.
Veja aqui como foram as eliminatórias disputas na quinta-feira, 02.
ESCALAÇÕES

FINAL - MINAS X PINHEIROS

48KG: AMANDA LIMA X LAURA FERREIRA
60KG: ROBSON PENNA X JOÃO PAULO CORRÊA
57KG: KAMILLA SILVA X JOSEANE NUNES
73KG: JULIO KODA FILHO X RAFAEL FREITAS
90KG: LEONARDO LOPES X HENRIQUE FRANCINI
+70KG: MILLENA SILVA X BEATRIZ SOUZA
+90KG: ANDRÉ HUMBERTO X LUCAS LIMA
BRONZE - SESI X MOGI
48KG: TAINÁ SILVA X AMANDA HARADA
60KG: RENAN TORRES X HENRIQUE SANTOS
57KG: DAISE LOCATELLI X MARCELA SHIMADA
73KG: MICHAEL MARCELINO X GUSTAVO SIQUEIRA
70KG: GABRIELA FONTES X LIDIA HASEGAWA
90KG: JUAN SORRILHA X MARCELO GOMES
+70KG: LAISLANE ROCHA X LUANA MOURA
+90KG: IGOR MORISHIGUE X VICTOR PEREIRA

BRONZE - REAÇÃO X SOGIPA

48KG: JULIA SILVA X LARISSA MEIRA
60KG: MATEUS ZACCARO X ÍTALO CARVALHO
57KG: VALESKA CRUZ X JESSICA LIMA
73KG: MATHEUS SOUZA X DAVID LIMA
70KG: NATALIA LOPES X RYANNE LIMA
90KG: DANIEL ANDRADE X TIAGO PINHO
+70KG: LUIZA CRUZ X CAMILA PONCE
+90KG: ARTHUR BARBOZA X YAN GOULART

www.cbj.com.br
Confederação Brasileira de Judô

Mais...

Buscas

Todas as notícias