Bocha

Após câncer e há apenas um ano na bocha, atleta do DF estreia com vitória no Escolar

43.V

CPB

As partidas de bocha das Paralimpíadas Escolares começaram nesta quarta-feira, 22, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. Pela primeira vez nas Escolares, Débora Lorrane, 12, representante do Distrito Federal, foi o destaque ao estrear com vitória de 12 a 0 sobre Allan de Souza, do Rio Grande do Sul, na classe BC4 (que conta com atletas com deficiências severas, mas que não precisam de auxílio).

O resultado impressiona por causa da circunstância, uma vez que a jovem é atleta da bocha há apenas um ano. Foi diagnosticada com câncer na medula óssea aos quatro anos, mas passou por uma cirurgia que lhe permitiu andar por alguns meses. No entanto, em um segundo procedimento, perdeu o movimento dos membros inferiores.

Débora teve contato com a bocha por meio da instituição em que realiza o tratamento da doença. Logo na segunda vez em que jogou, indicaram à mãe da atleta que procurasse um centro de treinamento, por causa da aptidão ao esporte. “É uma modalidade boa para mim, para eu não ficar em casa parada só vendo TV. Um esporte bom para eu ficar me movimentado, muito bom para a minha saúde", disse Débora, que hoje pratica no Centro Olímpico do Gama, no Distrito Federal.

As competições da atleta seguem nesta quinta-feira, a partir das 9h. A bocha terá as suas disputas por medalha ao longo dos próximos dois dias.

Nas últimas duas edições das Paralimpíadas Escolares, o título ficou com o estado de São Paulo. Desde suas primeiras versões, o evento revela talentos do paradesporto brasileiro. Os velocistas Alan Fonteles e Petrúcio Ferreira, a saltadora Lorena Spoladore, o nadador Matheus Rheine e o atleta do goalball Leomon Moreno, todos eles medalhistas em Jogos Paralímpicos e Mundiais, são alguns dos nomes que despontaram na competição.

A entrada para o público interessado em assistir às disputas é gratuita. A programação por dia pode ser conferida clicando aqui. Os veículos de imprensa que quiserem cobrir as Paralimpíadas Escolares não precisarão de credenciamento prévio. Bastará dirigir-se à sala de imprensa nos dias do evento.

Patrocínio
As Paralimpíadas Escolares 2017 têm patrocínio das Loterias Caixa.

Serviço
Paralimpíadas Escolares 2017
Competições – 22 a 24/11 - Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro - Rodovia dos Imigrantes, Km 11,5, São Paulo (SP) - ao lado do São Paulo Expo
Entrada franca

Assessoria de comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)

www.cpb.org.br
Comitê Paralímpico Brasileiro

Mais...

Buscas

Todas as notícias