Tradutor/ Translate

Vasco empata com o Bahia e é campeão da Copa do Brasil Sub-20

Vasco empata com o Bahia e é campeão da Copa do Brasil Sub-20
Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

O Vasco empatou com o Bahia por 3 a 3, neste domingo (3/1), pela final da Copa do Brasil Sub-20 e se sagrou campeão inédito da competição. Os gols vascaínos foram anotados por Laranjeira, Matías e Caio Eduardo. Essa foi a primeira vez dos Meninos da Colina na grande final da competição e se sagraram campeões de forma inédita. Depois de bater algumas vezes na trave em competições nacionais, o Cruzmaltino finalmente colheu os frutos de um trabalho sólido e sério que vem sendo implementado.

Time campeão da Copa do Brasil Sub-20 de 2020
Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

AMIGO LEITOR
Seja um colaborador do nosso Site Portal Olímpico. Não deixe essa chama apagar. Neste momento de dificuldade, toda contribuição financeira é bem-vinda.
Dê sua contribuição: Pix 22988620015
Depósito ou Transferência Bancaria em nome de Francisco de Alvarenga Leandro - Banco: Santander Ag: 3086 - Conta: 01042887-3
Qualquer dúvida (22) 988620015.
Desde já, agradecemos sua colaboração!
Atenciosamente, Sócio/Gerente: Francisco de Alvarenga Leandro.

O JOGO

Judô Tênis

O jogo começou muito equilibrado, com as duas equipes se estudando a todo momento. A primeira investida vascaína veio aos 11 minutos, Laranjeira recebeu livre pelo meio, ergueu a cabeça e achou um belo lançamento para Gabriel Pec, que invadiu a área e chutou firme para a defesa do goleiro. No minuto seguinte, Matías achou Riquelme livre pela esquerda, o lateral cruzou na marca do pênalti e achou Gabriel Pec, o atacante dominou e chutou firme na saída do goleiro, anotando o primeiro gol da decisão. Porém antes da bola chegar no camisa 11, a arbitragem anulou alegando um toque de mão de Caio Lopes.

O Vasco voltou a incomodar a meta adversária aos 25, Gabriel Pec recebeu pelo meio e fez fila na zaga adversária, um belíssima jogada, cortando três marcadores. O camisa 11 invadiu a área e rolou para Laranjeira livre abrir o placar da decisão: VASCO 1 a 0. Dois minutos depois, o goleiro adversário se atrapalhou e saiu jogando errado. Gabriel Pec avançou com a bola invadiu a área e chutou firme, obrigando o goleiro a se recuperar e fazer a defesa. Aos 31, Jp Galvão deu uma linda fatiada e achou Matías livre pelo meio, o meia aproveitou uma atrapalhada da defesa adversária e tocou na saída do goleiro: VASCO 2 a 0.

[Querido amigo! Está gostando desta matéria? Se sim, precisamos da sua colaboração para mantermos o nosso Site Portal Olímpico. Contribua com a quantia que puder, será de grande ajuda.
Nosso PIX: 22988620015.
Desde já, nosso muito obrigado, e prossiga com uma boa e abençoada leitura.]

Com o placar agregado de 4 a 1 nesta primeira etapa, o Cruzmaltino seguiu administrando a partida. Até que aos 41, Caio Lopes achou um belo passe para MT, o atacante invadiu a área e na hora de finalizar acabou pegando mal na bola e mandando para fora. Aos 46, o adversário diminuiu: 2 a 1.

O Vasco voltou para o segundo tempo com a mesma postura ofensiva, sempre buscando incomodar o adversário. A primeira investida vascaína veio aos 4 minutos, Gabriel Pec recebeu de Jp Galvão pela direita e engatilhou o chute forte, a bola passou com perigo. Aos 10, após outra investida de Gabriel Pec pela direita, a zaga adversária foi a caça do atacante, fazendo a falta na entrada da área. Na cobrança feita por ele mesmo, a bola passou por cima da meta. Precisando do resultado o adversário começou a incomodar mais aos Meninos da Colina. Aos 21, o adversário empatou a decisão: 2 a 2. E aos 24, o adversário virou o placar: 3 a 2.

O Vasco voltou a incomodar a meta adversária aos 32 minutos, Laranjeira cobrou a falta da entrada da área e por muito pouco não empatou a decisão. Aos 42, Riquelme avançou pela esquerda e achou um belíssimo cruzamento na cabeça de Caio Lopes, o volante chegou testando de primeira obrigando o goleiro a ceder o escanteio. Na cobrança, Menezes testou firme e parou na bela defesa do goleiro adversário. Aos 45, Caio Lopes avançou pelo meio e achou um lindo passe para Arthur, o atacante entrou sozinho na área e chutou por cima da meta. Aos 48, após bela investida de Caio Eduardo pela esquerda, o lateral invadiu a área e engatilhou um chutaço: VASCO 3 a 3.

Escalação do Vasco: Cadu, Jp Galvão, Menezes, Zé Vitor e Riquelme (Caio Eduardo); Caio Lopes, Matías e Laranjeira (Juan); João Pedro (Arthur), MT (Marcos Dias) e Gabriel Pec – Técnico: Diogo Siston.

Fonte: Vasco (vasco.com.br)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.