Judô

Judocas brasileiros conquistam mais duas pratas e dois bronzes no segundo dia de Jogos Sul-Americanos

58.V

Rede do Esporte
Gabriella Moraes (63kg) e David Lima (73kg) ficaram com a prata, enquanto Gabrielle Gonzaga (57kg) e Tiago Pinho (81kg) conquistaram bronze nesta segunda-feira, em Cochabamba

Gabriella Moraes (63kg) e David Lima (73kg) ficaram com a prata, enquanto Gabrielle Gonzaga (57kg) e Tiago Pinho (81kg) conquistaram bronze nesta segunda-feira, em Cochabamba

Nesta segunda-feira, 28, segundo dia de competições dos XI Jogos Sul-Americanos de Cochabamba 2018, o judô brasileiro repetiu o desempenho do primeiro dia e os quatro atletas que lutaram foram para as disputas por medalhas, conquistando duas pratas e dois bronzes. Agora, o Brasil tem dois ouros, três pratas e três bronzes no judô, que segue com 100% de aproveitamento.

O primeiro pódio do dia foi garantido por Gabriella Moraes (63kg), que conquistou a prata no meio-médio feminino ao vencer três das suas quatro lutas no sistema de rodízio. Ela derrotou Estefanía García (ECU), Anette Aguilar (BOL) e Gimena Laffeuillade (ARG), por ippon. A única derrota foi por waza-ari diante de Anriquelys Barrios (VEN), que ficou com o ouro da categoria.

David Lima (73kg) também ficou com a prata ao cair por ippon na final contra o peruano Alonso Wong. Nas preliminares, David venceu Sergio Mattey (VEN) e Leider Navarro (COL).

Em seguida, Gabrielle Gonzaga (57kg), caçula da equipe com apenas 17 anos, levou o bronze ao bater Abi Cardozo (ARG). Gonzaga estreou nas quartas com derrota para Wisneybi Machado (VEN), mas recuperou-se na repescagem contra Milka Quispe (BOL).

Tiago Pinho (81kg) também venceu sua disputa por medalha e ficou com o bronze ao derrotar o uruguaio Alain Aprahamian. Nas preliminares, Pinho havia perdido para Luis Vega (ARG), nas quartas, e venceu Juan Bahamon (COL) na repescagem.

As disputas do judô continuam nesta terça-feira, 29, e terão início às 15h (horário de Brasília). Bruna Campos (70kg), Laislaine Rocha (78kg), Giovani Ferreira (90kg) e Leonardo Gonçalves (100kg) serão o Brasil no tatame no penúltimo dia de competição. Os pesados Luiza Cruz (+78kg) e João Cesarino (+100kg) lutarão na quarta-feira, 30, último dia de disputas do judô.

Em Cochabamba, o campeão mundial de 2007, Luciano Corrêa, pela primeira vez, será o responsável por chefiar a delegação de judô. A comissão técnica é composta pelos técnicos Marinho Esteves e Alexandre Katsuragi ao lado da nutricionista Roberta Lima e do médico Rodrigo Furtado.

Medalhistas - Judô

OURO
Larissa Pimenta (52kg)
Michael Marcelino (66kg)

PRATA
Robson Penna (60kg)
Gabriella Moraes (63kg)
David Lima (73kg)

BRONZE
Larissa Farias (48kg)
Gabrielle Gonzaga (57kg)
Tiago Pinho (81kg)

www.cbj.com.br
Confederação Brasileira de Judô

Mais...

Buscas

Todas as notícias