Judô

Com mais duas medalhas dos pesados, judô brasileiro fecha Cochabamba em primeiro lugar geral e pódios em todas as categorias

145.V

.
País liderou quadro de medalhas com quatro ouros, cinco pratas e cinco bronzes

País liderou quadro de medalhas com quatro ouros, cinco pratas e cinco bronzes

Com equipe formada por jovens judocas de 17 a 23 anos, o Brasil fechou nesta quarta-feira, 30, sua participação nos XI Jogos Sul-Americanos da Juventude novamente com pódios. Luiza Cruz conquistou o ouro no pesado feminino (+78kg) e João Marcos Cesarino (+100kg) ficou com o bronze, no pesado masculino. Dessa forma, o judô brasileiro garantiu 100% de aproveitamento com pódios em todas as categorias e ficou em primeiro lugar no quadro geral de medalhas, com quatro ouros, cinco pratas e cinco bronzes.

"Achei ótima a participação brasileira. Medalhamos em todas as categorias. Viemos para Cochabamba com uma nova geração que provou a ótima fase de renovação do nosso país. Ressalto a conduta exemplar de todos os atletas durante todo o evento. Temos jovens promissores que irão dar muita alegria para o nosso país. Eles mostraram profissionalismo, disciplina e muita vontade de vencer", avaliou Luciano Corrêa, que estreou como chefe de equipe da seleção brasileira na Bolívia.

"Os atletas, os técnicos e o trabalho de toda a equipe de apoio foram fundamentais para esse resultado. Destaco também a acertada iniciativa de darmos oportunidade aos judocas mais novos de terem experiência em evento poliesportivo como os Jogos Sul-Americanos", ressaltou o presidente da CBJ, Silvio Acácio Borges, que acompanhou a delegação durante todos os dias de disputas em Cochabamba.

A seleção despede-se da competição, portanto, com os títulos de Larissa Pimenta (52kg), Michael Marcelino (66kg), Leonardo Gonçalves (100kg) e Luiza Cruz (+78kg); as pratas de Robson Penna (60kg), David Lima (73kg), Giovani Ferreira (90kg), Gabriella Moraes (63kg) e Laislaine Rocha (78kg); e os bronzes de Larissa Farias (48kg), Gabrielle Gonzaga (57kg), Tiago Pinho (81kg), Bruna Silva (70kg) e João Cesarino (+100kg).

Resultados Dia 1
Resultados Dia 2
Resultados Dia 3

www.cbj.com.br
Comitê Olímpico do Brasil

Mais...

Buscas

Todas as notícias