Tênis de mesa

Equipe feminina de tênis de mesa conquista a primeira colocação e classifica-se diretamente para a semifinal dos Jogos Sul-americanos

40.V

Abelardo Mendes Jr. / Ministério do Esporte
Meninas passaram em primeiro lugar, com duas vitórias. Equipe masculina sofre na estreia, mas se recupera e aguarda resultado da última rodada

Meninas passaram em primeiro lugar, com duas vitórias. Equipe masculina sofre na estreia, mas se recupera e aguarda resultado da última rodada

A equipe feminina do Brasil fez bonito no primeiro dia de disputas do tênis de mesa nos Jogos Sul-Americanos. Neste sábado (2/6), no Coliseo Evo Morales, em Cochabamba, na Bolívia, as meninas venceram os dois confrontos no grupo 2, contra Venezuela e Peru, e passaram em primeiro lugar, classificando-se diretamente para a semifinal. A disputa das semifinais e final da competição por equipes acontece na segunda-feira.

No primeiro confronto, com a Venezuela, Bruna Takahashi iniciou enfrentando Gremlis Arvelo, com vitória tranquila por 3 a 0 (11/2, 11/6 e 11/9). Lin Gui parecia que teria uma vitória tranquila contra Niño Neridee, mas permitiu a virada, após estar vencendo por 2 sets a 0 (13/11, 11/3, 6/11, 6/11 e 8/11). Nas duplas, Bruna Takahashi e Jéssica Yamada bateram Camila Obando e Niño Neridee por 3 a 2 (11/7, 6/11, 14/16, 11/7 e 11/5). Lin Gui voltou à mesa e venceu Camila Obando por 3 a 1 (10/12, 11/7, 11/3 e 11/7).

Contra o Peru, mais tranquilidade, sem nenhum revés nas três partidas disputadas. Bruna Takahashi venceu Angela Mori, por 3 a 0 (11/6, 11/5 e 11/6). Jéssica Yamada atropelou Isabel Dufoo, também por 3 a 0 (11/1, 11/4 e 11/6). E a dupla formada por Lin Gui e Jéssica Yamada bateu Andrea Guzman e Isabel Dufoo, por 3 a 2 (8/11, 11/4, 14/12, 7/11 e 11/6).

“Foi muito importante que conseguimos as vitórias, já ganhando confiança para os próximos jogos. Queremos fazer o nosso melhor e confirmar o favoritismo na América do Sul”, comentou Lin Gui.

Seleção masculina

Já os meninos não se saíram bem na estreia, perdendo da Venezuela por 3 a 2. No primeiro jogo, Eric Jouti foi superado por Marco Navas: 3 a 1 (6/11, 13/15, 11/5 e 5/11). Nova derrota na segunda partida, com triunfo de Cecilio Correa sobre Vitor Ishiy, por 3 a 2 (11/4, 7/11, 6/11, 11/1 e 9/11). A dupla formada por Eric Jouti e Thiago Monteiro manteve o Brasil na disputa e venceu Luis Vanegas e Cecilio Correa, por 3 a 1 (11/8, 9/11, 11/8 e 11/4). O empate veio com a boa vitória de Vitor Ishiy sobre Luis Vanegas, por 3 a 0 (14/12, 11/6 e 11/3). Mas, na última disputa, Thiago Monteiro foi derrotado por 3 a 0 por Marco Navas (9/11, 7/11 e 8/11).

Contra o Peru, a equipe masculina do Brasil mostrou toda a sua força, com três vitórias. Vitor Ishiy bateu Diego Rodriguez, de virada, por 3 a 2 (8/11, 2/11, 11/8, 11/9, 12/10). Eric Jouti superou Bryan Blas, por 3 a 1 (11/4, 9/11, 12/10 e 12/10). A dupla Eric Jouti e Thiago Monteiro venceu Rodrigo Hidalgo e Bryan Blas, por 3 a 0 (11/5, 11/8 e 11/5).

Peru e Venezuela se enfrentam neste domingo, às 11h (de Brasília), e o Brasil aguarda o resultado para saber se passa direto para a semifinal masculina ou disputa as quartas de final contra o segundo colocado do grupo 2 (Bolívia ou Equador).

www.cob.org.br
Comitê Olímpico do Brasil

Mais...

Buscas

Todas as notícias