Tênis

Tênis: Marcelo Melo avança nas duplas em Roland Garros

2270.V

Getty Image
Marcelo Melo foi o último dos brasileiros a triunfar na primeira rodada em Roland Garros e, com isso, garantiu que todos eles se classificassem para a segunda fase em Paris

Marcelo Melo foi o último dos brasileiros a triunfar na primeira rodada em Roland Garros e, com isso, garantiu que todos eles se classificassem para a segunda fase em Paris

Além do duplista mineiro, Thomaz Bellucci e Teliana Pereira, na chave de simples, e André Sá e Bruno Soares, nas duplas, também venceram na primeira rodada em Paris. Com isso, Brasil obteve 100% de aproveitamento
O tênis brasileiro superou a primeira rodada de partidas em Roland Garros com 100% de aproveitamento. Todos os jogadores do país, tanto nas simples como nas duplas, que disputam o Grand Slam parisiense — grupo dos quatro torneios mais importantes do tênis, do qual fazer parte o Aberto da Austrália, Roland Garros, Wimbledon e US Open — deixaram a quadra celebrando bons resultados.

Nesta quarta-feira (28.05), Marcelo Melo e seu parceiro, o israelense Jonathan Erlich, derrotaram, por 2 x 1, de virada, com parciais de 4/6, 7/ 6(7/1) e 7/6 (7/4), a dupla formada pelo tcheco Frantisek Cermak e o russo Mikhail Elgin.

Em Paris, Marcelo Melo não pôde jogar ao lado de seu parceiro de circuito, o croata Ivan Dodig, por conta de uma lesão. Em entrevista ao canal BandSports logo após a partida, ele ressaltou a importância de ter triunfado em um duelo tão difícil. “Com certeza foi um jogo duríssimo. Conseguimos nos manter firmes depois de estar perdendo o último tie-break por 4/1. Espero aproveitar essa confiança (da vitória)”, declarou Melo.

Com a vitória de Melo, o Brasil conseguiu classificar todos os seus cinco atletas para a segunda rodada de Roland Garros.

Na segunda-feira (26.05), Thomaz Bellucci foi o primeiro brasileiro a jogar em Paris. Pela chave de simples, ele venceu o alemão Benjamin Becker por 3 x 2, e, agora, enfrentará o italiano Fabio Fognini por um lugar na terceira rodada.

Na terça-feira (27.05), também pela chave de simples, a pernambucana Teliana Pereira passou, por 2 x 1, pela tailandesa Luksika Kumkhum e, com isso, encerrou um jejum de 25 anos do Brasil sem vitórias femininas em Roland Garros. Teliana duela na segunda rodada com a romena Sorana Cirstea.

Também na terça-feira, o mineiro André Sá abriu a participação do Brasil nas chaves de duplas. Ao lado do croata Mate Pavic, Sá derrotou o time formado pelo britânico Ken Skupski e o neozelandês Michael Venus por 2 x 0. Na próxima rodada, os dois enfrentam o vencedor do duelo entre os colombianos Santiago Giraldo e Alejandro Gonzalez e o time formado pelo filipino Treat Huey e o britânico Dominic Inglot.

Com isso, faltavam estrear em Roland Garros, nesta quarta-feira, o mineiro Bruno Soares e Marcelo Melo. Antes da vitória de Melo, Bruno Soares e seu parceiro, o austríaco Alexander Peya, derrotaram, por 2 x 0, o time formado pelo uzbeque Denis Istomin e o tcheco Lukas Rosol.

www.brasil2016.gov.br
Luiz Roberto Magalhães, da equipe do Portal Brasil 2016

Mais...

Buscas

Todas as notícias