Vôlei de Praia

Vôlei de praia: Três duplas brasileiras vão às oitavas de final no torneio feminino em Varsóvia

26.V

Divulgação/FIVB
Ágatha/Duda, Carol Solberg/Maria Elisa e Fernanda Berti/Bárbara Seixas venceram seus jogos nesta quinta-feira

Ágatha/Duda, Carol Solberg/Maria Elisa e Fernanda Berti/Bárbara Seixas venceram seus jogos nesta quinta-feira

As duplas brasileiras do naipe feminino começaram a etapa quatro estrelas de Varsóvia, na Polônia, com ótimos resultados. Ágatha/Duda (PR/SE), Carol Solberg/Maria Elisa (RJ) e Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ) venceram os dois jogos que disputaram nesta quinta-feira (28.06), saindo em primeiro lugar de seus grupos, direto às oitavas de final.

Josi/Lili (SC/ES) foi superada na estreia, mas pode avançar à repescagem com uma vitória nesta sexta-feira (29.06), dia em que ocorrem os últimos jogos da fase de grupos, repescagem e também as oitavas de final. Quartas de final e semifinais ocorrem no sábado (30.06), enquanto as disputas de medalha acontecem no domingo (01.07).

As campeãs brasileiras Carolina Solberg e Maria Elisa (RJ) começaram vencendo no grupo C, superando as polonesas Aleksandra Gromadowska e Jagoda Gruszczynska por 2 sets a 0 (21/17, 21/11), em 31 minutos. Horas mais tarde, triunfo de virada por 2 sets a 1 (10/21, 21/16, 15/10) sobre as holandesas Keizer/Meppelink, garantindo a primeira posição. Carol Solberg analisou a vitória e importância de liderar a chave.

“O jogo contra a Holanda foi muito legal. É um país com duplas fortes, são confrontos difíceis, elas aceleram muito o jogo. Nós começamos muito mal no primeiro set, e elas estavam muito bem. Tivemos tranquilidade para mudar a estratégia e também nossa postura. Vimos que teríamos que ser mais agressivas, jogar com o coração”, disse Carol, que completou.

“Conseguimos alterar isso em tempo para virar o placar. Todos os jogos são muito duros no Circuito Mundial , avançar em primeiro e evitar a disputa da repescagem é extremamente importante. Agora vamos descansar e nos preparar para o próximo jogo, que será uma ‘pedreira’ também, independente de quem vier”.

Fernanda Berti e Bárbara Seixas (RJ) iniciaram a campanha em Varsóvia com triunfo sobre as italianas Laura Giombini e Marta Menegatti por 2 sets a 0 (21/14, 21/11), em 31 minutos. Na disputa do primeiro lugar do grupo B, horas depois, contra as tchecas Kolocova e Kvapilova, vitória por 2 sets a 0 (21/19, 21/18), em 38 minutos de jogo, garantindo vaga nas oitavas.

Já Ágatha e Duda (PR/SE) estrearam pelo grupo F superando as norte-americanas Emily Day e Betsi Flint por 2 sets a 0 (21/18, 21/17), em 34 minutos de duração. No segundo jogo do dia, contra as alemãs Borger e Kozuch, vitória por 2 sets a 0 (21/13, 21/10), em 32 minutos. As três duplas brasileiras aguardam o sorteio e os resultados da repescagem para conhecerem suas adversárias.

Josi e Lili (SC/ES), que também são do grupo F, foram superadas na estreia pelas alemãs Kozuch e Borger, e disputam o terceiro lugar do grupo nesta sexta, às 4h50 (de Brasília), contra as norte-americanas Day e Flint. Se vencerem, vão à repescagem, pela primeira rodada da fase eliminatória do torneio europeu.

O Circuito Mundial retorna à Polônia pela 15ª temporada consecutiva, tendo recebido 31 eventos anteriores, incluindo dois eventos somente para mulheres em Varsóvia durante as temporadas de 2006, quando as chinesas Tian e Wang venceram, e em 2007, quando as medalhistas olímpicas Juliana e Larissa foram campeãs.

Varsóvia é a sexta etapa do nível quatro estrelas de oito em disputa na temporada 2018. Desde 2017, a Federação Internacional de Voleibol (FIVB) classifica os torneios de uma a cinco estrelas, de acordo com a premiação e o número de pontos que oferecem. O campeonato na Polônia rende 800 pontos aos campeões, além de uma premiação de cerca de R$ 75 mil.

www.cob.org.br
Comitê Olímpico do Brasil

Mais...

Buscas

Todas as notícias