Badminton

Brasil fatura quatro ouros em torneio internacional badminton no CT, em SP

61.V

Divulgação

O Brasil faturou 16 medalhas, sendo quatro ouros, quatro pratas e oito bronzes, no Brasil internacional de Parabadminton 2018. O torneio se encerrou neste domingo, 12, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. Ao todo, participaram desta competição 133 atletas de 16 países. O Brasil foi representado por 50 competidores.

Três medalhas douradas foram conquistadas pela classe SS6 (para pessoas de baixa estatura). O destaque foi o atleta Vitor Gonçalves Tavares que ganhou ouro nas disputas individuais e nas duplas. Ele conquistou o ouro pelas duplas mistas, ao lado da peruana Rubi Milagros Fernandez Vargas e, pelas duplas masculinas, ao lado do americano Miles Krajewski.

A dupla formada pela brasileira Abinaecia Maria da Silva e a japonesa Mamiko Toyoda ganharam a medalha de ouro feminina nas- disputas em dupla pelas classes SL3 a SU5.

Duas medalhas de prata foram conquistas pelas disputas de duplas masculinas. Uma pela classe SU5 (para pessoas com deficiência nos membros superiores) pelos brasileiros Eduardo Oliveira e Rogério Junior Xavier de Oliveira. A outra foi pelas classes WH1 e WH2 (para pessoas em cadeira de rodas) pelos atletas Marcelo Alves Conceição e Júlio Cesar Godoy, que também conquistou a prata na disputa individual.

Os países que participaram da competição foram: Alemanha, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Escócia, Espanha, Estados Unidos, França, Índia, Israel, Itália, Japão, México, Peru e Polônia.

O próximo torneio de badminton da temporada 2018 será o Campeonato PANAM em novembro, na cidade de Lima, no Peru. Esta será a última oportunidade para os atletas se classificarem para as competições mais importantes de 2019: o Campeonato Mundial de Parabadminton, na Suíça, e os Jogos Parapan-Americanos de Lima.

As competições realizadas a partir de 2019 serão classificatórios para os atletas que tenham em vista participar das disputas de badminton dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020, quando modalidade estreará no programa dos Jogos.

Confira as medalhas brasileiras:

Individual feminino WH1
Daniele Torres Souza - bronze

Individual feminino SL3
Abinaecia Maria Da Silva - bronze

Individual feminino SL4

Danielle Carvalho Martins Rodrigues de Araújo - prata

Individual masculino WH1
Marcelo Alves Conceição - bronze

Individual masculino WH2
Júlio Cesar Godoy – prata
Pedro Nogueira Filho - bronze

Individual masculino SS6
Vitor Gonçalves Tavares – ouro

Dupla mista WH1 – WH2
Rodoffo Cano (BRA) e Pilar Jaurequi Cancino (PER) - bronze

Dupla mista SS6
Vitor Gonçalves Tavares (BRA) e Rubi Milagros Fernandez Vargas (PER) - ouro

Dupla feminina WH1 – WH2
Maria Gilda dos Santos (BRA) e Auricelia Nunes Evangelista Freitas (BRA) - bronze

Dupla feminina SL3 - SU5
Abinaecia Maria da Silva (BRA) e Mamiko Toyoda (JPN) – ouro
Araceli Bernarda Pizarro Nova (CHI) e Jéssica Silva dos Santos Vieira (BRA) - bronze

Dupla masculina WH1 – WH2
Marcelo Alves Conceição (BRA) e Júlio Cesar Godoy (BRA) - prata

Dupla masculina SU5
Eduardo Oliveira (BRA) e Rogério Junior Xavier de Oliveira (BRA) - prata

Dupla masculina SS6
Vitor Gonçalves Tavares (BRA) e Miles Krajewski (EUA) – ouro
Marcio Dellafina (BRA) e Dhiego Vidal Guimares (bronze) - bronze

www.cpb.org.br
Comitê Paralímpico do Brasil

Mais...

Buscas

Todas as notícias