Judô

Mayra Aguiar fica nas oitavas do Mundial de Baku. Brasil tem mais quatro chances com pesados no último dia

25.V

Rodolfo Vilela/ rededoesporte.gov.br
Atual campeã mundial foi surpreendida pela chinesa Zhenzhao Ma, que chegou à semifinal do meio-pesado feminino nesta terça-feira, penúltimo dia de disputas individuais no Azerbaijão

Atual campeã mundial foi surpreendida pela chinesa Zhenzhao Ma, que chegou à semifinal do meio-pesado feminino nesta terça-feira, penúltimo dia de disputas individuais no Azerbaijão

A bicampeã mundial Mayra Aguiar (78kg) teve sua busca pelo tri interrompida por um waza-ari sofrido no combate contra Zhenzhao Ma, da China, nas oitavas-de-final do Campeonato Mundial de Baku, no Azerbaijão, nesta terça-feira, 25. Ma ainda derrotou outra favorita, a francesa Madeleine Malonga, nas quartas e chegou à semifinal.

Cabeça-de-chave e atual número cinco do ranking mundial, Mayra chegou a Baku com o backnumber vermelho para defender o título conquistado em Budapeste em 2017. Começou vencendo a sul-africana Unelle Snyman, por ippon, na primeira rodada, mas foi surpreendida pela chinesa nas oitavas. Ma projetou a brasileira, marcando um waza-ari faltando cerca de um minuto para o fim do combate. Mayra reagiu com ataques, que foram bem defendidos pela adversária, e não consegiu desfazer a desvantagem.

"Outras atletas vêm subindo também e chegando. A Mayra tem condições de repensar e dar um outro gás para distanciar de novo dessas atletas. Ela tem uma capacidade muito grande", avaliou o técnico da seleção brasileira feminina, Mario Tsutsui, ao final da luta.

A última vez que a meio-pesado do Brasil caiu antes das disputas por medalhas em um Mundial foi em 2015, em Astana, no Cazaquistão. Um ano depois, no Rio, conquistou sua segunda medalha de bronze em Jogos Olímpicos.

Além dela, outras favoritas também se despediram mais cedo da competição nesta terça. A vice-campeã olímpica Audrey Tcheumeo, da França, não passou pela russa Aleksandra Babintseva, nas oitavas. Kaliema Antomarchi, de Cuba, medalhista de bronze no último mundial, foi surpreendida pela britânica Katiejemima Yeastbrown ainda na primeira rodada, assim como a número dois do mundo, Natalie Powell, da Grã-Bretanha, que perdeu para a eslovena Klara Apotekar, nas oitavas.

Com isso, as semifinais do meio-pesado feminino em Baku terão os confrontos entre Guusje Steenhuis (NED) e Zhenzhao Ma (CHN) de um lado, e Shori Hamada (JPN) versus Marhinde Verkerk (NED) do outro.

Katiejemima Yeastbrown (GBR) e Madeleine Malonga (FRA) se enfrentarão em uma das repescagens pelo bronze, da mesma forma que Klara Apotekar (SLO) e Aleksandra Babintseva (RUS).

- Brasil terá mais quatro atletas no tatame no último dia de disputas individuais em Baku

Na quarta-feira, 26, outros quatro brasileiros tentarão subir ao pódio no Mundial de Baku: os pesados Rafael Silva "Baby", David Moura, Maria Suelen Altheman e Beatriz Souza.

A competição por equipes mistas fecha o Mundial na quinta-feira, 27. A seleção brasileira é atual vice-campeã do torneio e estreará contra o vencedor do confronto entre China e Cuba.

As preliminares começarão às 3h e as finais às 9h, no horário de Brasília.

www.cbj.com.br
Confederação Brasileira de Judô

Mais...

Buscas

Todas as notícias