Judô

No Espírito Santo, judoca supera amputação da perna e conquista promoção à faixa preta

49.V

.
Reinaldo Margon foi aprovado e promovido à faixa preta pela Federação Espíritossantense de Judô no último sábado, em Vitória

Reinaldo Margon foi aprovado e promovido à faixa preta pela Federação Espíritossantense de Judô no último sábado, em Vitória

O judoca capixaba Reinaldo Margon deu um exemplo de superação ao ser aprovado no exame para faixa preta realizado em Vitória, no último sábado, pela Federação Espíritossantense de Judô. Margon perdeu parte da perna direita devido à complicações causadas pela diabetes, mas não desistiu de seus sonhos no judô e tornou-se o primeiro faixa preta amputado do estado do Espírito Santo.

"É um momento importante para todo judoca. Finalmente! Com alguns anos de atraso, mas, graças a Deus, missão cumprida", disse o judoca em entrevista ao programa ESTV.

"O Reinaldo nos procurou na Federação querendo fazer o exame para faixa preta. Nós demos todo o apoio, a Comissão de Graus formada por nossos Kôdanshas adaptouo exame para ele e ele nos deu o orgulho de fazer o exame com perfeição e foi aprovado com nota máxima", detalhou Marcio Almeida, presidente da FEJ, também em entrevista ao ESTV.

Reinaldo recebeu sua faixa das mãos de seu técnico, Jorge de Barros, que destacou a determinação do aluno em busca de seus objetivos.

"Ele colocou na cabeça que tinha condições de superar isso, não só na vida dele, como ser faixa-preta e conseguiu", destacou o professor.

Além da faixa preta, Reinaldo foi promovido também ao quadro de arbitragem e tornou-se também o primeiro árbitro amputado da FEJ.

Veja aqui a reportagem completa do ESTV.

www.cbj.com.br
Confederação Brasileira de Judô

Mais...

Buscas

Todas as notícias