Natação

Natação brasileira encerra participação no Mundial Militar

9.V

Foram, ao todo, 21 medalhas, sendo oito de ouro, cinco de prata e oito de bronze

Foram, ao todo, 21 medalhas, sendo oito de ouro, cinco de prata e oito de bronze

A natação brasileira encerrou sua participação no 46º Mundial Militar com mais cinco medalhas, totalizando 21 na competição. No último domingo (15.06), em Tenero, na Suíça, o Brasil venceu com Nicholas Santos nos 50m borboleta (23s59) e conquistou mais duas medalhas de prata e outras duas de bronze. No geral, os brasileiros voltam pra casa com oito medalhas de ouro, cinco de prata e oito de bronze.

Os outros pódios brasileiros no último dia de competição: Larissa Oliveira e Graciele Herrmann ficaram com a prata e o bronze dos 100m livre, respectivamente, com 55s70 e 55s74. A vencedora foi a francesa Charlotte Bonnet, 55s65. Nos 200m peito, Henrique Barbosa conquistou a prata, 2m14s09, ficando atrás apenas do russo Oleg Kosten, 2m12s11. A última medalha veio no revezamento 4x100m medley feminino, com o quarteto formado por Daynara de Paula, Pamela Alencar, Larissa Oliveira e Graciele Herrmann, medalhistas de bronze, 4m14s62.

Na versão masculina do 4x100m medley, o Brasil acabou na 5ª colocação (3m44s86), com Guilherme Guido, João Gomes Junior, Fernando Silva e Nicolas Oliveira. Daynara de Paula e Guilherme Guido ficaram próximos do pódio ao terminarem na quarta posição, respectivamente, nos 50m borboleta (27s02) e 100m costas (56s88). O mesmo aconteceu com Pâmela Alencar de Souza nos 200m peito (2m33s25). Nessa prova, Juliana Marin Marangoni ficou uma posição atrás de Pâmela, terminando em quinto, com 2m39s55. Leonardo de Deus ficou em sexto lugar nos 400m livre (4m01s00)

www.brasil2016.gov.br
CBDA

Mais...

Buscas

Todas as notícias