Atletismo

Medalhistas tentam garantir-se no Parapan na 1ª nacional do Circuito Brasil Loterias Caixa de Atletismo

84.V

CPB
Yohansson Nascimento à esquerda, Petrucio Ferreira no centro e Diogo Ualisson à direita. Wagner Carmo/Exemplus/CPB

Yohansson Nascimento à esquerda, Petrucio Ferreira no centro e Diogo Ualisson à direita. Wagner Carmo/Exemplus/CPB

Entre os 347 atletas que estarão em ação neste sábado e domingo, 8 e 9, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, pela 1ª etapa nacional do Circuito Brasil Loterias Caixa de Atletismo, estão diversos medalhistas paralímpicos. A grande maioria deles ainda luta por vaga nos Jogos Parapan-Americanos de Lima, no Peru. A competição acontecerá de 23 de agosto a 1º de setembro, mas o período de obtenção de marcas qualificatórias estende-se apenas até 16 de junho.

Até o momento, 18 atletas já atingiram os índices classificatórios do atletismo, determinados pelo Departamento Técnico do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). Além desta nacional do Circuito Loterias Caixa, haverá ainda o Desafio CPB/CBAt, que também acontecerá no CT Paralímpico, justamente no dia final do prazo. Serão duas oportunidades para atletas, por exemplo, como o alagoano Yohansson Nascimento.

Há dois meses, o velocista de 32 anos, da classe T47 (para amputados de braço) deparou-se com uma situação não usual em sua carreira. Uma hérnia de disco deixou-o fora das pistas por dois meses, justamente no momento de sua preparação em que previa alcançar as marcas necessárias para ir ao Parapan de Lima. Ele garante, no entanto, estar recuperado para buscar sua quarta participação no maior evento continental do esporte adaptado.

"Minha expectativa para esta competição é das melhores e estou bem confiante de conseguir bons resultados. Tive problemas de saúde no começo do ano, pois senti uma hérnia de disco que me deixou quase dois meses parado. Não estou pensando ainda no Mundial, pois tenho até agosto para conseguir a marca. A ideia é conseguir a vaga ao Parapan-Americano. Vamos ver no que dá", disse Yohansson Nascimento, dono de seis medalhas em Jogos Paralímpicos.

Outro caso semelhante é o de Verônica Hipólito, que passou nos últimos dois anos por cirurgias para retirar pólipos intestinais e um tumor no cérebro. Após recuperar-se, a atleta paulistana foi considerada elegível para a classe T37, para paralisados cerebrais. Retornou às pistas no Open Internacional Loterias Caixa, em abril, e busca agora posicionar-se na briga por uma vaga em Lima.

"Estes últimos tempos têm sido mais difíceis, pois foram duas cirurgias, por dois anos seguidos, tive uma série de complicações, desregulação hormonal gigantesca, tomando muitos remédios, o peso que ganhei... Mas a minha meta é sempre correr melhor do que a última vez. Sei que correr os 100m na casa de 13s ainda não é tão possível, mas de passo em passo a gente chega lá", disse Verônica Hipólito, medalhista de prata e bronze nos Jogos do Rio 2016.

Os atletas que disputarão as etapas nacionais do Circuito alcançaram, nas fases regionais, os índices classificatórios estabelecidos pelo Departamento Técnico do CPB. Ao todo, foram realizados quatro estágios: São Paulo, no CT Paralímpico, em fevereiro; Norte-Nordeste, em João Pessoa (PB), em março; Centro-Leste, em Uberlândia (MG), e Rio-Sul, em Curitiba (PR), em abril. A segunda etapa nacional do Circuito Brasil Loterias Caixa de Atletismo será nos dias 9 e 11 de agosto, no CT Paralímpico, em São Paulo. Já a terceira fase nacional receberá a denominação de Campeonato Brasileiro, que está programado para ocorrer nos dias 27 a 29 de setembro, também no CT, e reunirá os melhores do ano.

Time São Paulo
Os atletas Yohansson Nascimento e Verônica Hipólito são integrantes do Time São Paulo, parceria entre o CPB e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo que beneficia 62 atletas e quatro atletas-guia, de nove modalidades.

Imprensa
Os profissionais de imprensa interessados em cobrir a primeira etapa nacional do Circuito Brasil Loterias Caixa de Atletismo não precisam de credenciamento prévio. Bastará dirigirem-se à sala de imprensa do CT Paralímpico para identificação.

O Circuito
O Circuito Brasil Loterias Caixa é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e patrocinado pelas Loterias Caixa. Este é o mais importante evento paralímpico nacional de atletismo, halterofilismo e natação. Composto por quatro fases regionais e duas nacionais, tem como objetivo desenvolver as práticas desportivas em todos os municípios e estados brasileiros, além de melhorar o nível técnico das modalidades e dar oportunidade para atletas de elite e novos valores do esporte paralímpico do país. Em 2019, as disputas das fases nacionais serão separadas por uma modalidade em cada fim de semana - haverá ainda um Campeonato Brasileiro de cada esporte.

Patrocínios
O paratletismo tem patrocínio das Loterias Caixa e da Braskem.

Serviço
Data: 8 e 9 de junho
Cidade: São Paulo (SP)
Local: Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo - Rodovia dos Imigrantes, km 11,5 (ao lado do São Paulo Expo).

Programação*
Circuito Brasil Loterias Caixa de Atletismo
Sábado (8/6) - 8h às 12h e 14h às 18h
Domingo (9/6) - 8h às 12h
*Programação sujeita a alterações

www.cpb.org.br
Comitê Paralímpico Brasileiro

Mais...

Buscas

Todas as notícias