Futebol de 5

Jogador de clube do sul defende a Argentina no Campeonato das Américas

93.V

Ale Cabral/CPB
Coki e Ricardinho, camisa 10 do Brasil, se enfrentaram na estreia do campeonato

Coki e Ricardinho, camisa 10 do Brasil, se enfrentaram na estreia do campeonato

O Campeonato das Américas de Futebol de 5 está acontecendo no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, desde esta terça, 4. Seis seleções disputam o título continental: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru. Jogar fora de casa é uma experiência diferente, mas vários jogadores já estão acostumados com o clima do Brasil. Vinte e dois jogadores estrangeiros jogam em clubes brasileiros: 11 argentinos, quatro paraguaios, quatro colombianos, dois chilenos e um uruguaio.

Froilan Durval Padilha, conhecido como Coki, é um dos argentinos que já conhece bem o país. Ele joga no AGAFUC-RS há cinco anos e contou como é a experiência de um Campeonato das Américas no Brasil: "Eu estou muito orgulhoso de poder defender a camisa argentina aqui. Jogo no AGAFUC e sou muito contente com isso, porque os brasileiros me aceitam e me respeitam muito, assim como eu a eles. São pessoas muito boas e eu tenho grandes amigos aqui".

Um desses amigos é Ricardinho, que joga no AGAFUC e é o camisa 10 da Seleção Brasileira, tricampeão paralímpico e eleito o melhor jogador de futebol de 5 duas vezes. A estreia do campeonato foi um empate sem gols entre Brasil e Argentina. Coki comentou como foi jogar contra Ricardinho nessa partida: "Quando estamos jogando, sabemos que ele joga para o Brasil e eu jogo para a Argentina. A gente faz o nosso trabalho. Ele está sempre tratando de marcar. Sem dúvida nenhuma para mim, ele é o melhor jogador do mundo. E ele também diz que eu jogo bem, eu não sei, mas sei que ele joga muito bem. É uma satisfação jogar com ele, ele é muito bom, eu tento fazer o que posso", brinca o atleta.

Coki revelou que conheceu a casa do jogador brasileiro e sua família: "Ele é um grande amigo, uma grande pessoa. Conheci sua casa e sua família, que são pessoas muito boas, humildes e de coração grande."

Desde a primeira edição do Campeonato das Américas, em 1997, o Brasil e a Argentina se alternam no topo do pódio. A Seleção Brasileira conquistou o título nas edições de 1997 (Paraguai), 2001 (Brasil), 2003 (Colômbia), 2009 (Argentina) e 2013 (Argentina). Enquanto seu vizinho sul-americano faturou a taça em 1999 (Argentina), 2005 (Brasil) e 2017 (Chile). Nas três ocasiões em que os argentinos saíram vitoriosos, os brasileiros foram os vice-campeões.

Além do título do Campeonato das Américas, está em disputa uma vaga para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020. Por ser o atual campeão mundial, o Brasil já carimbou o passaporte para o maior evento do ciclo.

Confira a programação completa da competição:

Quinta-feira, 6 de junho:
Colômbia x México – 10h
Argentina x Chile – 14h
Brasil x Peru – 16h30 | *Transmissão no SporTV 2

Sexta-feira, 7 de junho:
Colômbia x Argentina – 10h
Peru x Chile – 14h
Brasil x México – 16h30 | *Transmissão no SporTV 2

Sábado, 8 de junho:
Brasil x Chile – 9h | *Transmissão no SporTV 2
Peru x Colômbia – 15h
México x Argentina – 17h30

Domingo, 9 de junho:
Disputa do bronze – 8h30
Final – 11h | *Transmissão no SporTV 3

www.cpb.org.br
Comitê Paralímpico Brasileiro

Mais...

Buscas

Todas as notícias