Conquista de sete medalhas

Wrestling brasileiro conquista 7 medalhas no Pan Júnior 2019

117.V

COB

O wrestling brasileiro encerrou com sete medalhas a campanha no Pan-americano Júnior de Wrestling 2019, disputado no último final de semana, na Cidade da Guatemala. Os destaques foram Ana França (até 57kg) e Thamires Martins (até 68kg) que conquistaram o ouro em suas respectivas categorias. Evelyn Matos (até 50kg) e Meiriele Hora (até 62kg) levaram um bronze cada e ajudaram o wrestling feminino a terminar pela primeira vez na história do torneio em terceiro lugar geral no estilo, atrás apenas de Canadá e Estados Unidos. Fabio Rodrigues (até 97kg) do etilo greco-romano; Pedro Henrique Campos (até 74kg) e Giovanni Piazza (até 79kg) ganharam um bronze cada e fecharam o quadro de medalhas brasileiro. A participação da delegação brasileira na competição é uma parceria da Confederação Brasileira de Wrestling e da área de desenvolvimento do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

“Ouvir o hino nacional é maravilhoso, ainda mais para mim que moro na periferia de Brasília e ouvi de muitas pessoas que não chegaria a lugar nenhum na vida. Treinei muito para levar o ouro, mas não imaginava que seria sem sofrer pontos de nenhuma adversária. Gostaria de agradecer ao meu técnico José Neto e a todos que ajudaram e ajudam de alguma forma para que chegasse até esse momento. É só início de um caminho rumo aos Jogos Olímpicos”, comemorou Ana França, descoberta em um projeto social na Asa Sul, em Brasília, e que venceu as quatro lutas no torneio sem sofrer um ponto sequer, um feito no torneio.

A equipe foi composta por 13 atletas e dos sete medalhistas, cinco disputaram o torneio pela primeira vez, demonstrando uma renovação nas categorias de base na modalidade. Outro feito inédito esteve foi o comando da equipe na Guatemala. A técnica Lucimar Medeiros foi a primeira mulher a chefiar uma delegação nacional e comandar os três estilos do wrestling, inclusive o estilo greco-romano, praticado apenas por homens. Para Thamires Martins o título veio como presente de aniversário. A lutadora completou 19 anos no dia 3 de junho quando já estava na Guatemala e está ansiosa para retornar ao Brasil e receber outro importante presente.

“Agradeço primeiramente a Deus e depois aos colegas de treino, ao treinador Daniel Alvarez, o Pirata, e a Confederação por acreditar em mim. Essa medalha vai para todos eles. Foi especial completar 19 anos aqui na Guatemala e ser campeã, mas agora quero voltar para casa comemorar e comer a lasanha que minha irmã prometeu”, brincou Thamires, moradora da favela do Jacaré, no Rio de Janeiro.

O próximo torneio para os juniores, atletas de 18 a 20 anos é o Campeonato Mundial Júnior, de 12 a 18 de agosto, em Tallin, na Estônia. Confira abaixo o resultado dos brasileiros no Pan-americano Júnior 2019.

Estilo greco-romano:
Fabio Rodrigues até 92kg – 3ºl lugar
Wanderson Lima até 82kg – 4º lugar

Wrestling feminino:
Ana França até 57kg – 1° lugar
Thamires Martins 68kg – 1° lugar
Evelyn Matos até 50kg – 3° lugar
Meiriele Hora até 62kg – 3° lugar
Thaissa Ribeiro até 65kg – 4º lugar
Beatriz Reis até 76kg – 5º lugar

Estilo Livre:
Pedro Henrique Campos até 74kg – 3º lugar
Giovanni Piazza – 3º lugar
Ailton Rocha até 86kg – 4º lugar
Edvanilson de Jesus até 61kg – 6º lugar
Vinicius Joaquim até 70kg – 7º lugar

www.cob.org.br
Comitê Olímpico do Brasil

Mais...

Buscas

Todas as notícias